Vitória 1 x 2 Santos

Data: 13/06/2004
Competição: Campeonato Brasileiro – 1º turno – 9ª rodada
Local: Estádio Barradão, em Salvador, BA.
Público: 2.174
Renda: R$ 41.780,00
Árbitro: Edílson Soares da Silva (RJ)
Cartões amarelos: Paulo César (S). Nenê, Cléber Santana, Enílton e Obina (V).
Gols: Claiton (28-1); Basílio (41-2) e Enilton (45-2).

VITÓRIA
Juninho; Pedro, Nenê, Adaílton e Paulo Rodrigues; Vinícius, Vampeta (Enilton), Magnum (Leandro Domingues) e Cléber; Obina (Gilmar) e Edílson
Técnico: Agnaldo Liz

SANTOS
Mauro; Paulo César, Domingos, André Luís e Léo; Claiton, Elano, Ricardinho e Diego; Robinho (Basílio) e Deivid.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo



Santos bate o Vitória e acaba com jejum de triunfos fora de casa

O Santos venceu o Vitória por 2 a 1, neste domingo, no estádio do Barradão, em Salvador (BA), pela nona rodada do Campeonato Brasileiro-2004, e conseguiu quebrar o jejum de triunfos fora de casa.

O Santos não somava três pontos fora da Vila Belmiro desde o dia 25 de março, quando ganhou do paraguaio Guaraní (2 a 1), em Assunção, pela fase classificatória da Taça Libertadores da América.

Com o resultado positivo, o time do técnico Vanderlei Luxemburgo chegou aos dez pontos e subiu para o 15º lugar na tabela de classificação do Nacional. O Vitória permanece com 13, no 11º posto.

Depois da intertemporada, o treinador decidiu entrar com uma formação diferente. Optou pelo novato Domingos, 18, que ganhou a disputa com o veterano Narciso, 30, na defesa, em substituição a Pereira, suspenso.

Dentro de campo, o volante Claiton abriu, sem querer, o placar para o Santos, aos 29min do primeiro tempo. Ele tentou o cruzamento da direita para o meio da área, onde estava Robinho, mas a bola tocou no zagueiro baiano Adaílton e enganou o goleiro Juninho do Vitória: 1 a 0. “Não chutei para o gol”, confirmou Claiton à SporTV, durante o intervalo.

Robinho ainda teve um gol anulado pelo juiz Edilson Soares da Silva (RJ), aos 35min, que marcou impedimento no lance. Aos 44min, Robinho acertou o travessão, mas o juiz também deu lance irregular do atacante.

No segundo tempo, Leandro quase marcou um gol por cobertura do meio de campo, aos 35min, mas a bola não acertou o alvo do goleiro Mauro. Mas foi o atacante Basílio quem ampliou para o Santos, aos 42min: 2 a 0.

O Vitória ainda diminuiu aos 46min. Depois da cabeçada de Adaílton, no travessão, Enílton pegou o rebote e marcou: 2 a 1.