Santos 5 x 1 Paraná

Data: 15/08/2004
Competição: Campeonato Brasileiro – 2º turno – 24ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 9.156
Renda: R$ 111.059,00
Árbitro: Edílson Soares da Silva (RJ)
Auxiliares: João Luís Ribeiro Magalhães e Marco Venício B. Sá Freire (ambos do RJ)
Cartões amarelos: André Luis, Antonio Carlos, Paulo César, Bóvio, Luis Augusto e Ricardinho (S). Flávio, Fernando Lombardi e Marcel (P).
Cartão vermelho: Beto (P)
Gols: Robinho (02-1), Léo (31-1) e Basílio (41-1); Basílio (17-2), Cristian (29-2) e Basílio (46-2).

SANTOS: Tápia, Paulo César, André Luis, Antonio Carlos e Léo; Fabinho (Luis Augusto), Elano (Bóvio), Ricardinho e Basílio; Deivid (Marcinho) e Robinho.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

PARANÁ: Flávio, Cláudio (Marcel), Fernando Lombardi, João Paulo e Edinho; Beto, Fernando Marchiori, William (Maranhão), Cristian e Canindé; Sinval (Galvão).
Técnico: Gilson Kleina



No duelo entre o líder e o lanterna, Santos goleia o Paraná

No duelo entre o líder e o último colocado, entre o melhor ataque e a pior defesa, o Santos goleou o Paraná por 5 a 1, em partida realizada neste domingo, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, no estádio da Vila Belmiro.

Com o resultado positivo, a equipe comandada pelo técnico Vanderlei Luxemburgo manteve a liderança da competição. O time da Baixada soma 44 pontos e tem um a mais do que o Palmeiras, que ocupa a vice-liderança. O Paraná é o lanterna, com apenas 20 pontos.

O primeiro gol saiu logo aos 2min, com Robinho. Superior desde o princípio, o Santos continuou atacando e ampliou o resultado com o lateral Léo, aos 31min. Dez minutos depois, Basílio marcou, fechando o resultado do primeiro tempo.

No segundo tempo, houve mais gols e pouca resistência por parte dos paranaenses. Aos 17min, Basílio tabelou com Robinho, que completou com perfeição para aumentar a goleada.

O gol de honra dos paranaenses aconteceu após boa jogada individual, aos 29min. Cristian bateu rasteiro e fez o único de sua equipe na partida.

Basílio encerrou a goleada santista com mais um gol, seu segundo na partida, nos acréscimos.