Data: 29/09/2004
Competição: Campeonato Brasileiro – 2º turno – 33ª rodada
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, RS.
Público: 16.750
Renda: R$ 98.074,00
Árbitro: Edílson
Cartões amarelos: Clêmer e Diego (I). André Luis, Domingos, Elano e Preto Casagrande (S).
Gols: Elano (34-1); Vinícius (13-2) e Fernandão (19-2).

INTERNACIONAL
Clêmer, Élder Granja, Vinicius, Wilson (Wellington) e Chiquinho (Galego); Gavilán, Edinho, Marabá, Didi (Diego); Fernandão e Rafael Sóbis.
Técnico: Muricy Ramalho

SANTOS
Mauro, Paulo César, André Luis, DOmingos e Léo; Fabinho (marcinho), Preto Casagrande (Basílio), Ricardinho e Elano; Deivid e Robinho.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo



De virada, Santos perde no Sul e deixa liderança para o Atlético-PR

O Internacional acabou com uma invencibilidade de nove partidas do Santos, considerando também a Copa Sul-Americana, ao derrotar o adversário por 2 a 1, nesta quarta-feira, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com a derrota, o Santos deixou a liderança do Nacional para o Atlético-PR, que também nesta quarta venceu o Vitória, em Salvador, por 3 a 2. Os paranaenses têm 64 pontos, três a mais do que os santistas.

O Santos liderava a competição desde a 26ª rodada. A última derrota do time de Vanderlei Luxemburgo havia sido para o Paraná, por 2 a 1, no dia 25 de agosto, pela Sul-Americana.

Com a responsabilidade da vitória para continuar na ponta, o Santos deu pouca importância ao fato de jogar fora de casa e partiu para o ataque.

Aos 15min, os santistas tiveram um pênalti a seu favor. Elano, em posição duvidosa, recebeu a bola dentro da área e foi derrubado pelo goleiro Clemer. Na cobrança, Robinho bateu mal e o goleiro, que se adiantou, evitou o primeiro gol santista.

Aos 34min, Preto Casagrande fez boa jogada individual e tocou para Elano, que tocou de pé esquerdo e abriu o placar. Nos acréscimos, o goleiro Mauro evitou o gol que empataria a partida numa cobrança de falta de Chiquinho.

No segundo tempo, o Inter aproveitou a pressão da torcida e virou o jogo. O empate aconteceu aos 13min, quando Chiquinho levantou a bola na área e o zagueiro Vinícius se antecipou ao goleiro Mauro para marcar de cabeça.

Seis minutos depois, em outra cabeçada, o Inter marcou novamente. Fernandão aproveitou cruzamento da direita e cabeceou no canto. A bola tocou na trave antes de entrar. Com a vitória, os gaúchos chegaram aos 43 pontos, em 13º lugar.