Data: 08/09/2004
Competição: Campeonato Brasileiro – 2º turno – 29ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 8.075
Renda: R$ 96.124,00
Árbitro: Edilson
Cartões amarelos: Domingos, Zé Elias e William (SFC); Fabiano, Marinho, Ivan e Fernandinho (CAP).
Gols: Marinho (02-2) e Basílio (03-2).

SANTOS
Mauro, Flávio (Bóvio), André Luis, Domingos e Léo; Fabinho, Zé Elias, Ricardinho e Marcinho (Luizinho); William (Luis Augusto) e Basílio.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

ATLÉTICO-PR
Diego, Marinho, Marcão Rogério Corrêa; Fernandinho, Fabiano, Alan Bahia, Jadson (Morais) e Ivan; William e Washington.
Técnico: Levir Culpi



Santos empata com o Atlético-PR e mantém liderança do Brasileiro

Na partida que valia a liderança do Campeonato Brasileiro, Santos e Atlético-PR empataram por 1 a 1, nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, em partida válida pela 29ª rodada da competição.

Com o resultado, as duas equipes permanecem empatadas na ponta da tabela, com 52 pontos cada. O Santos, no entanto, lidera porque tem uma vitória a mais (16 a 15) do que o rival.

Além da força do rival, o Santos precisou administrar desfalques importantes em sua escalação na noite desta quarta.

O técnico Vanderlei Luxemburgo não contou com jogadores extramente importantes no ataque santista. Robinho, artilheiro do time no Nacional-2004 com 17 gols, foi liberado para defender a seleção brasileira; Deivid e Elano, suspensos, também fizeram falta –o primeiro marcou 12 gols, enquanto Elano contribuiu com 10 neste Nacional.

Por se tratar de uma partida de grande importância para a continuação do campeonato, as duas equipes apostaram numa marcação forte, com pouco espaço para os atacantes adversários. O primeiro tempo também foi marcado por muitas faltas e reclamações contra a arbitragem.

O Santos criou poucas chances para marcar na etapa inicial. Aos 3min, o zagueiro André Luiz cobrou falta com violência e exigiu boa defesa de Diego.

Aos 36min, Basílio foi lançado nas costas da defesa do Atlético-PR, mas Diego saiu bem e evitou o gol santista.

O início do segundo tempo foi emocionante. Logo aos 2min, o zagueiro Marinho acertou uma cabeçada precisa e colocou os paranaenses em vantagem no placar.

O problema é que o Atlético não teve tempo para comemorar. Apenas um minuto depois, Basílio recebeu a bola dentro da área e empatou a partida –foi seu 12º gol neste Brasileiro.