Data: 22/08/2004 – domingo
Competição: Campeonato Brasileiro – 2º turno – 26ª rodada
Local: Estádio Wilson de Barros, em Mogi Mirim, SP.
Público: 13.824
Renda: R$ 174.562,00
Árbitro: Luiz Antônio Silva Santos (RJ)
Cartões amarelos: André Luis, Fabinho e Basílio (S); Luciano Sorriso (F).
Gols: Elano (08-1), Robinho (21-1) e Izaías (32-1); Deivid (05-2) e Robinho (32-2).

SANTOS
Tápia, Paulo César, André Luis, Antônio Carlos e Léo; Fabinho, Preto Casagrande, Ricardinho (Luis Augusto) e Elano (Basílio); Deivid (William) e Robinho.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

FIGUEIRENSE
Édson Bastos, Paulo Sérgio, Marcio Goiano, Cléber e André Santos; Jeovânio, Luciano Sorriso (Oliveira), Mazinho (Márcio) e Nenê; Izaías e Romualdo (Marlon).
Técnico: Dorival Júnior



Longe da Vila, Santos vence o Figueirense pelo Brasileiro

O Santos venceu o Figueirense por 4 a 1, neste domingo, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro, em partida disputada na cidade de Mogi Mirim, e se recuperou da derrota para o Botafogo, na última rodada, por 2 a 0. O time da Baixada chegou aos 47 pontos na tabela de classificação e voltou a ocupar a liderança da competição.

A partida aconteceu na cidade de Mogi Mirim após a punição sofrida pela equipe paulista, que perdeu o mando de campo de um jogo por causa dos incidentes na partida com o São Paulo, no primeiro turno, quando um rojão foi atirado no campo da Vila Belmiro.

A vitória sobre os catarinenses mais uma vez foi reflexo do bom momento vivido pelo atacante Robinho, artilheiro da equipe no Nacional com 15 gols –ele marcou duas vezes neste domingo.

O estádio provou dar sorte ao meia Elano. O jogador marcou seu primeiro gol com a camisa do Santos no Estádio Wilson de Barros, no dia 28 de abril de 2001, na vitória sobre o Mogi Mirim, por 5 a 1 –pelo Campeonato Paulista. Na tarde deste domingo repetiu a dose e marcou o primeiro do time, logo aos 8min de partida. Após troca de passes rápidos no ataque santista, Elano recebeu, ajeitou para o pé esquerdo e acertou um belo chute para abrir o placar.

Melhor na partida, o Santos ampliou a vantagem abusando da velocidade de Robinho. O atacante avançou entre dois zagueiros e chutou forte, aos 21min da primeira etapa.

Claramente superior, a equipe paulista diminuiu o ritmo e os catarinenses marcaram. Aos 32min, após cruzamento de André Santos, a bola passou Romualdo, mas Izaías completou com perfeição e diminuiu.

Mais atento após o intervalo, a equipe santista não demorou para aumentar a vantagem. Aos 5min, após toque de Robinho, Deivid partiu em velocidade e tocou com a ponta da chuteira, na saída de Édson Bastos, para marcar o terceiro.

O melhor em campo, Robinho marcou o quarto do Santos e concretizou a vitória santista, após rápido contra-ataque, com gol aos 32min do segundo tempo.