Santos 1 x 1 Internacional

Data: 21/05/2011 – 21h00
Competição: Campeonato Brasileiro – 1ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 4.532 pagantes
Renda: R$ 78.170,00
Árbitro: Sandro Meira Ricci.
Auxiliares: Marrubson Melo Freitas e Carlos Emanuel Manzolillo.
Cartões amarelos: Charles, Bruno Aguiar (S), Bolatti, Daniel (I).
Gols: Keirrison (28-1) e Zé Roberto (34-1).

SANTOS
Aranha, Bruno Aguiar, Bruno Rodrigo e Vinícius; Pará, Charles, Possebon (Anderson Carvalho), Felipe Anderson e Alex Sandro; Keirrison, Tiago Alves (Rychely).
Técnico (interino): Marcelo Martelotte

INTERNACIONAL
Renan, Daniel, Bolívar, Juan e Kleber; Guiñazu, Bolatti (Fabrício), Tinga e Oscar (Cavenaghi); Zé Roberto (Ricardo Goulart) e Leandro Damião.
Técnico: Falcão



Santos joga até com técnico reserva, e empata com Inter na estreia do Brasileirão

O Santos mostrou que tem foco apenas na Libertadores na estreia do Brasileirão. Todos os jogadores que entraram em campo são considerados reservas; até o técnico era suplente. Comandado por Marcelo Martelotte, o time da Vila Belmiro empatou por 1 a 1 com gols no primeiro tempo.

Acometido por uma forte gripe, Muricy Ramalho não pôde comandar o Santos e virou ‘desfalque’ na partida. No outro banco de reservas, Falcão fez o seu debute na Vila, já que nunca havia atuado no local, nem na época que era jogador.

O duelo disputado neste sábado prometia ser um bom jogo se as duas equipes jogassem completas, pois se trata de um jogo entre dois campeões estaduais com elencos que estão entre os melhores do país. Só que o Inter também entrou em campo com cinco desfalques.

Por isso, o que se viu em campo foi um jogo no máximo fraco, em que as defesas prevaleceram sobre os ataques (Santos e Inter entraram com três volantes) e foram raras as chances de gol.

As estrelas da partida tiveram seus lampejos de que iriam mudar os rumos da partida, mas não conseguiram. Falcão e Martelotte até que tentaram, mas não alteraram o panorama do jogo com as alterações que fizeram. Por isso, o 1 a 1 ficou de bom tamanho para as pouco mais de 4500 pessoas que estiveram na Vila Belmiro.