Santos 3 x 1 Avaí

Data: 05/06/2011 – 18h30
Competição: Campeonato Brasileiro – 3ª rodada
Público: 4.109
Renda: R$ 64.420,00.
Árbitro: José de Caldas Souza (DF).
Auxiliares: César Augusto Vaz e Carlos Emanuel Manzolillo (DF).
Cartões amarelos: Roger (S); Marcinho Guerreiro, Gustavo Bastos, Julinho e Fabiano (A).
Gols: Borges (09-1); Borges (06-2), Maurício Alves (42-2) e Rychely (47-2).

SANTOS
Rafael, Pará, Bruno Rodrigo, Durval e Alex Sandro; Arouca, Danilo (Roger), Adriano, Alan Patrick (Bruno Aguiar); Zé Eduardo (Rychely) e Borges.
Técnico: Muricy Ramalho.

AVAÍ
Aleks, Cassio, Bruno, Gustavo Bascos; George Lucas, Marcinho Guerreiro, Fabiano, Estrada (Fabio Santos) e Julinho; Marquinhos Gabriel (Robinho) e William (Maurício Alves).
Técnico: Silas.



Borges marca dois gols em sua estreia e comanda vitória do Santos contra o Avaí

Muricy pediu a contratação de Borges argumentando que o atacante “conhece a área”. O reforço do Santos justificou o recado dado pelo treinador: marcou dois gols em sua estreia pelo clube, os dois na pequena área, e comandou a vitória sobre o Avaí por 3 a 1, na Vila Belmiro, pelo Brasileirão.

O triunfo deixou o Santos com quatro pontos no Nacional e aumentou a instabilidade do time catarinense, que segue sem pontuar em três rodadas.

Borges chegou para ser o centroavante do Santos. O atacante Zé Eduardo, em crise de gols e que até pagará promessa em Aparecida do Norte depois de marcar um gol, rumará para o Genoa, da Itália, em agosto.

Na primeira jogada de Borges na pequena área, aos 9 min da 1ª etapa, o novo reforço mostrou por que foi contratado. Alan Patrick cobrou escanteio. Zé Eduardo desviou e Borges completou para o gol.

“Fico feliz. É importante estrear fazendo gols”, comentou Borges, que colocou a bola na barriga em referência aos filhos que irão nascer. “O gol é para meus filhos [Matheus e Gabriel, gêmeos] que estão por vir”, se referindo ao primeiro gol no jogo.

Muricy escalou vários titulares para o compromisso na Vila. Léo, Edu Dracena, Jonathan, Elano e Neymar não atuaram.

Léo, Ganso e Jonathan se recuperam de lesões; Elano e Neymar estão com a seleção brasileira. Edu Dracena foi expulso no empate diante do Cerro. Muricy escalou Bruno Rodrigo neste domingo justamente para testar o zagueiro, que deverá atuar nas finais da competição das Américas.
Já o Avaí também não teve o goleiro Renan, negociado para o Corinthians, e Marquinhos, que se transferiu para o Grêmio.

Com exceção do lance que resultou no gol de Borges, o primeiro tempo foi lento, sem emoções e com o Avaí sem esboçar reação mesmo em desvantagem.

O segundo gol santista ocorreu aos 8 min da segunda etapa, novamente em jogada de bola parada (agora em cobrança de falta) e com Borges marcando. O lance gerou reclamação pelo lado do Avaí, alegando que o camisa 9 estava impedido.

A saída de Marquinhos deixou marcas no meio-campo do Avaí, que não conseguia criar jogadas de perigo na área santista.

Mesmo sem pressionar, o time da Vila empurrava o adversário para a defesa e poderia ter feito mais. Borges quase marcou seu terceiro gol no jogo, mas Aleksander fez ótima defesa.

A dois minutos do fim, o Avaí diminuiu. George Lucas cruzou e Maurício Alves se antecipou para desviar a bola. O time de Santa Catarina se animou e partiu para o ataque em busca do empate. Mas no contragolpe, o Santos sacramentou o êxito. Rychely recebeu na área e concluiu para o gol.