Santos 1 x 0 América-MG

Data: 02/07/2011 – 18h30
Competição: Campeonato Brasileiro – 7ª rodada
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo, SP.
Público: 5.912 pagantes
Renda: R$ 110.395,00
Ártibro: Wilton Pereira Sampaio (DF).
Auxiliares: Márcia Lopes Caetano (RO) e Marrubson Melo Freitas (DF).
Cartões amarelos: William Rocha, Marcos Rocha (A).
Gol: Anderson (06-1, contra).

SANTOS
Rafael, Pará, Edu Dracena, Durval e Léo; Arouca, Alex Sandro (Charles), Danilo (Possebon) e Roger Gaúcho (Bruno Rodrigo); Rychely e Borges.
Técnico: Muricy Ramalho

AMÉRICA-MG
Flávio, Marcos Rocha, Anderson e Gabriel; Glauber (Kempes), Dudu, Willian Rocha (Fabrício), Rodriguinho (Netinho) e Gilson; Alessandro e Fábio Júnior.
Técnico: Mauro Fernandes



Gol contra do América-MG tira o Santos da zona de rebaixamento do Brasileirão

Recheado de desfalques por causa dos jogadores na seleção brasileira, o Santos dependeu de um gol contra para deixar a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. A equipe praiana recebeu no Pacaembu neste sábado o América-MG, na partida que foi adiada da 6ª rodada do Brasileirão, e venceu por 1 a 0, com um gol contra do zagueiro Anderson.

Recheado de desfalques por causa dos jogadores na seleção brasileira, o Santos dependeu de um gol contra para deixar a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. A equipe praiana recebeu no Pacaembu neste sábado o América-MG, na partida que foi adiada da 6ª rodada do Brasileirão, e venceu por 1 a 0, com um gol contra do zagueiro Anderson.

Porém, o espectador que deve ter ficado mais preocupado com o jogo é o técnico da seleção sub-20, Ney Franco, pois Danilo e Alex Sandro, ambos convocados para o Mundial da categoria, tiveram que ser substituídos por lesão durante a partida. Ainda não se sabe a gravidade das contusões.

Com a vitória, o Santos sobe seis posições e ocupa o 11° lugar na tabela, com oito pontos conquistados. Já o América-MG prossegue em situação complicada. O time só venceu uma partida até agora no Brasileirão e ocupa a 18ª posição, com apenas cinco pontos somados.

Mesmo sem empolgar a torcida, o Santos começou melhor no primeiro tempo. Com um toque de bola mais envolvente, a equipe do treinador Muricy Ramalho ocupava melhor os espaços no campo. Porém, o gol saiu mais por demérito do América-MG do que por mérito dos santistas. Aos 6min, Danilo cobrou falta na área e o zagueiro Anderson deu uma de atacante e cabeceou para o próprio gol, marcando contra e abrindo o placar para o Santos.

O Santos ainda criou algumas jogadas perigosas na primeira etapa, mas não soube aproveitar. Na principal delas, aos 40min, Pará recebeu livre na área, mas bateu para fora. O América-MG, por sua vez, não ofereceu grandes riscos ao adversários, com o atacante Fábio Júnior atuando isolado na frente.

Na volta para o segundo tempo, a equipe visitante mostrou mais empenho ofensivo. O América-MG assustou o Santos logo aos 6min, em chute de Fabrício, e voltou a oferecer perigo aos 11min, em uma cabeçada de Fábio Júnior.

Sentido que o Santos recuava, os mineiros seguiram pressionando. Porém, a equipe não conseguia encontrar um buraco na compacta defesa santista. Quando retomava a bola, o santos tentava explorar os contra-ataques. No entanto, nenhum dos dois times conseguiu balançar as redes na segunda etapa e o atual campeão da Libertadores saiu de campo com uma vitória apertada.

O Santos volta a campo no próximo domingo, dia 10, às 18h30, no Pacaembu, para enfrentar o Palmeiras. Curiosamente, o adversário do América-MG no próximo jogo também é o Palmeiras, na quarta-feira, dia 6 de julho, às 21h50, em local ainda a ser definido.