Navegando Posts marcados como 1985

Seleção do Peru 0 x 0 Santos

Data: 10/10/1985, quinta-feira, 22h00.
Competição: Amistoso
Local: Estádio Nacional José Diaz, o Estádio Nacional, em Lima, Peru.
Público: 20.000
Árbitro: não informado

PERU
Quiroga; Leonardo Rojas, Jorge Olaechea, Chumpitaz (Diaz) e Hugo Gastulo; José Velásquez, César Cueto e Franco Navarro (Guilhermo); Julio César Uribe (Irano), Maza e Juan Carlos Oblitas.
Técnico: Roberto Challe

SANTOS
Rodolfo Rodríguez; Paulo Roberto, Márcio Rossini, Toninho Carlos e Jaime Boni; Enéas, Serginho Carioca e Humberto; Gersinho (Mazinho Oliveira), Nunes e Júnior.
Técnico: Carlos Castilho



Castilho está preocupado com desgaste do time

A 15 minutos do final do amistoso entre Santos e Seleção do Peru, em Lima, um pequeno tremor de terra provocou uma verdadeira correria nas arquibancadas que abrigavam 20.000 torcedores. Os próprios jogadores também se assustaram com o forte estrondo e correram para o meio de campo.

A partida foi disputada como preparação para o Peru, que tentava a última vaga na repescagem sul-americana à Copa do México de 86. O Peru acabou eliminado pelo Chile com duas derrotas (4×2 e 1×0). Serviu também como despedida oficial do ídolo Héctor Chumpitaz, 177 vezes integrante da seleção nacional, em 22 anos de carreira.

O inesperado amistoso foi acertado dia 08 e não foi bem recebido pelo elenco. Márcio Rossini, por exemplo, classificou a atitude da diretoria como “uma loucura”. Nossa meta agora é a conquista do bicampeonato paulista por isso a partida contra o Peru é inoportuna. Mais tarde, porém, ele disse que “os atletas têm que levar em consideração a questão financeira, que é importante para o clube.”

O Santos recebeu pelo amistoso Cr$ 120 milhões, livres de despesas. A equipe chegaria em Cumbica (Guarulhos) na véspera do jogo com o Noroeste, a 337 km da capital.

O Santos está em 2º lugar na classificação do 2º turno e no cômputo geral de pontos do Campeonato Paulista, com 13 e 34 pontos ganhos, respectivamente.



Fonte: Jornal Folha de SP

Guarani 3 x 1 Santos

Data: 06/10/1985, domingo, 16h00.
Competição: Campeonato Paulista – 2º turno – 10ª rodada
Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, SP.
Renda: Cr$ 76.940.000,00
Público: 8.798 pessoas (7.416 pagantes e 1.382 menores)
Árbitro: João Leopoldo Ayeta (SP)
Auxiliares: Carlos Scarabelin Filho e José Armando Ribeiro Filho (ambos SP).
Cartões vermelhos: Rodolfo Rodríguez (S) e Edmar (G) aos 43-1.
Gols: Edmar (14-1); Barbieri (06-2), Neto (08-2) e Nunes (45-2).

GUARANI
Waldir Peres; Ricardo Rocha (Giba), Júlio César, Wilson Gottardo e Zé Mário; Nei, Barbieri e Neto (Gerson); Niquinha, Edmar e Gerson Sodré.
Técnico: Lori Sandri

SANTOS
Rodolfo Rodríguez; Paulo Roberto, Márcio Rossini, Toninho Carlos e Jaime Boni; Serginho Carioca, Dema (Júnior) (Raul) e Humberto; Gersinho, Nunes e Lino.
Técnico: Carlos Castilho



Guarani ganha do Santos em Campinas

Com a derrota o Santos fica em 2º lugar na classificação do 2º turno e no cômputo geral de pontos do Campeonato Paulista, com 13 e 34 pontos ganhos, respectivamente.

Fonte: Jornal Folha de SP

Santos 1 x 0 Ponte Preta

Data: 02/10/1985, quarta-feira, 21h00.
Competição: Campeonato Paulista – 2º turno – 9ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 8.688 pagantes
Renda: Cr$ 91.980.000,00
Árbitro: José de Assis Aragão
Gol: Pedro Paulo (12-2).

SANTOS
Rodolfo Rodríguez; Paulo Roberto, Márcio Rossini, Pedro Paulo e Jaime Boni; Serginho Carioca, Dema e Lino; Gersinho, Nunes e Mário Sérgio.
Técnico: Carlos Castilho

PONTE PRETA
Sérgio; Toninho, Júnior, Valdir e Evandro; Régis, Silvio (Vágner) e Jorge Mendonça; Sinval, Chicão e Márcio Luís (Marquinhos).
Técnico: Carbone


Ontem à noite foi firmado o acordo entre o Santos e a Cooperativa dos Portuários referente a divisão de um terreno no bairro do Saboó, doado pela Prefeitura de Santos.

O Santos ficará com uma área de 100 mil m², com 55 mil m² de frente para a avenida Martins Fontes e outros 45 mil no morro.

O clube pretende construir seu conjunto poliesportivo no local.


Santos 0 x 0 Palmeiras

Data: 29/09/1985, domingo, 16h00.
Competição: Campeonato Paulista – 2º turno – 8ª rodada
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo, SP.
Público: 18.334 pagantes
Renda: Cr$ 221.395.000,00
Árbitro: Almir Laguna

SANTOS
Rodolfo Rodríguez; Amauri, Márcio Rossini, Toninho Carlos e Jaime Boni; Serginho Carioca, Lino e Humberto; Gersinho, Nunes e Mário Sérgio.
Técnico: Carlos Castilho

PALMEIRAS
Leão; Diogo, Márcio, Amarildo e Denis (Ditinho); Rocha, Paulinho e Mendonça; Barbosa, Reinaldo e Mário Sérgio.
Técnico: Vicente Arenari



Santos e Palmeiras empatam no clássico do Pacaembu

Intranquilidade nas finalizações impede vitória santista. Equipe permanece na vice liderança, um ponto atrás do time do Morumbi.

Fonte: Jornal Folha de SP