Navegando Posts marcados como 1991

Palmeiras 1 x 0 Santos

Data: 20/10/1991, domingo, 16h00.
Competição: Campeonato Paulista – 1ª fase – 2º turno – 22ª rodada
Local: Estádio do Parque Antarctica, em São Paulo, SP
Público: 19.534 pagantes
Renda: Cr$ 44.608.000,00
Árbitro: Oswaldo dos Santos Ramos
Gol: Toninho (37-2)

PALMEIRAS
Ivan; Odair, Toninho, Andrei e Biro; César Sampaio, Betinho e Edu; Jorginho, Magrão (Lima) e Marcinho (Wagner).
Técnico: Nelsinho Baptista

SANTOS
Nilton; Índio, Pedro Paulo, Camilo e Marcelo Veiga; Carlinhos (Rogério), Zé Renato e Sérgio Manoel; Serginho Fraldinha (Almir), Paulinho McLaren e Tato.
Técnico: Ramiro Valente



Palmeiras deixa Santos mais longe da vaga
Time perde, tem suas chances reduzidas e pode enfrentar crise

Obs.: Nilton defendeu pênalti de Betinho aos 08-1.

Santos decide trocar Ramiro Valente só no ano que vem

Sem vencer há 8 jogos e praticamente eliminado do Campeonato Paulista, o Santos não trocará de treinador agora devido a maratona de jogos, que impossibilita que o time treine com um novo treinador.

“Sozinho eu não vou decidir nada. Preciso de alguém ao meu lado (no ataque) para que os gols voltem a sair. Estou puto com a situação”, palavras do camisa 9, Paulinho.

Fonte: Jornal Folha de SP

Santos 1 x 2 XV de Jaú

Data: 18/10/1991, sexta-feira, 20h30.
Competição: Campeonato Paulista – 1ª fase – 2º turno – 21ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 2.631 pagantes
Renda: Cr$ 5.394.000,00
Árbitro: Paulo Eduardo Pereira Barjas
Gols: Hamílton (02-1); Paulinho McLaren (12-2, de pênalti) e Carlão (37-2).

SANTOS
Nilton; Índio, Marcelo Fernandes, Camilo e Flavinho; Axel, Carlinhos e Sérgio Manoel (Zé Renato); Almir (Serginho Fraldinha), Paulinho McLaren e Tato.
Técnico: Ramiro Valente

XV DE JAÚ
Maurício; Carlão, Paulo Sérgio, Marcelo e Gérson; Serginho Carioca, Anderson e Katsumi; Neto, Angelo (Barbosa) e Hamílton.
Técnico: José Poy



XV de Jaú bate o Santos na Vila Belmiro pelo Paulista

Santos segue a sua maratona sem conseguir vencer. Esta foi a 6ª partida em 15 dias. Foram 3 empates contra Portuguesa, Argentinos Juniors e América; e 3 derrotas contra Guarani, Peñarol e XV de Jaú.

Fonte: Jornal Folha de SP

Penãrol 3 x 2 Santos

Data: 16/10/1991, quarta-feira, 19h00.
Competição: Supercopa da Libertadores – Quartas-de-final – Jogo de ida
Local: Estádio Centenário, em Montevidéu, Uruguai.
Árbitro: Juan Luis Bava (ARG).
Gols: Cedres (15-1) e Pedro Paulo (35-1); Montero (16-2), Serginho Fraldinha (33-2) e Sérgio Martínez (34-2, de pênalti).

PEÑAROL
Fernando Alvez; Rosa, Sergio Panzardo, Paolo Montero e Alfonso Dominguez; Diego Dorta, Carlos Sánchez e Andrés Martínez; Sérgio Martínez, Néstor Cedrés e William Castro (Dely Valdez).
Técnico: Ricardo Ortiz

SANTOS
Nílton; Índio, Pedro Paulo, Camilo e Flavinho; Carlinhos, Sérgio Manoel e Zé Renato (Axel); Almir (Serginho Fraldinha), Paulinho McLaren e Tato.
Técnico: Ramiro Valente



Penãrol bate Santos e depende do empate

Fontes:
Jornal Folha de SP
Estadão

América-SP 1 x 1 Santos

Data: 13/10/1991, domingo
Competição: Campeonato Paulista – 1ª fase – 2º turno – 20ª rodada
Local: Estádio Mário Alves de Mendonça, em São José do Rio Preto, SP.
Público: 3.840 pagantes
Renda: Cr$ 7.680.000,00
Árbitro: Ílton José da Costa
Gols: Tato (21-1) e Marinho (27-1).

AMÉRICA-SP
Gomes; Dema, Pádua, Paulo Afonso e Genílson; Fernando, Marinho (Clóvis), Negão e Cleomar (Ivair); Gil Catanoce e Robinho.
Técnico: Arthur Bernardes

SANTOS
Nilton; Índio, Pedro Paulo, Camilo e Flavinho; Carlinhos, Zé Renato e Sérgio Manoel; Almir (Serginho Fraldinha), Paulinho McLaren e Tato.
Técnico: Ramiro Valente



Paulinho perde pênalti e Santos fica no empate

Fonte: Jornal Folha de SP

Santos 0 x 0 Argentinos Juniors-ARG

Data: 10/10/1991, quinta-feira, 18h30.
Competição: Supercopa da Libertadores – Oitavas-de-final – Jogo de volta
Local: Estádio Mané Garrincha, em Brasília, DF.
Árbitro: Juan Escobar (PAR).

SANTOS
Nilton; Índio, Pedro Paulo, Luiz Carlos (Camilo) e Flavinho; Carlinhos, Zé Renato e Sérgio Manoel; Almir (Serginho Fraldinha), Paulinho McLaren e Tato.
Técnico: Ramiro Valente

ARGENTINOS JUNIORS (ARG)
Mendonza; Cejas, Cáceres, Gomez e Rodriguez; Cancedo, Netto e Paz; Trapasso (Ramalho) e Cagna.
Técnico: José Yudica



Santos obtém a classificação para as Quartas da Supercopa

O Santos entrou em campo 48 horas após a derrota para o Guarani e demonstrava visível cansaço. Para a equipe santista bastava apenas do empate pois venceu a primeira partida em Buenos Aires por 2 a 1.

Jogo marcado em Brasília a pedido da empresa Pelé Sports & Marketing, que comprou os direitos de comercialização da competição. O Santos recebeu US$ 30 mil e o jogo foi transmitido pela TV Manchete.

Fontes:
Jornal Folha de SP
Estadão