Navegando Posts marcados como 1992

Santos 1 x 2 Ponte Preta

Data: 28/11/1992, sábado, 16h00.
Competição: Campeonato Paulista – Semifinais – Grupo A – 6ª rodada (última)
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público:
Renda: Cr$ 315.930.000,00
Árbitro:
Cartão vermelho: Valdecir (PP).
Gols: Jucemar (30-1); Jucemar (02-2) e Ranielli (15-2).

SANTOS
Sérgio; Dinho (Índio), Júnior, Luiz Carlos e Alexandre; Axel, Ranielli e Marcelo Passos (Serginho Fraldinha); Edmar, Guga e Cilinho.
Técnico: Dé (interino)

PONTE PRETA
Wilson Maia; Valmir, Sandro, Hélio e Ricardo; Zé Ricardo, Marcelo Prates, Jucemar e Anderson (Gersinho); Claudinho e Valdecir.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo



Santos perde mais uma na Vila e fica em último lugar no grupo A

O Santos despediu-se melancolicamente do Campeonato Paulista. Perdeu mais uma, q quinta derrota nesta fase, e ficou no último lugar no Grupo A.

Antes da partida o técnico Geninho pediu liberação antecipada, para negociar os últimos detalhes de sua transferência para o Al-Nassr, da Arábia Saudita. O auxiliar Dé comandou interinamente a equipe.

Fonte: Jornal Folha de SP

Portuguesa 3 x 1 Santos

Data: 22/11/1992, domingo, 17h00.
Competição: Campeonato Paulista – Semifinais – Grupo A – 5ª rodada (penúltima)
Local: Estádio do Canindé, em São Paulo, SP.
Público: 3.029 pagantes
Renda: Cr$ 301.000.000,00
Árbitro: Edmundo de Lima Filho
Gols: Bentinho (de pênalti); Marcelo Passos (03-2), Bentinho (16-2) e Capitão (36-2).

PORTUGUESA
Ênio; Jorge Luís, Vladimir, Éder e Charles; Capitão, Cristóvão e Baiano; Tico (Edivaldo), Bentinho e Adil (Silva).
Técnico: José Poy

SANTOS
Sérgio; Dinho, Júnior, Rogério Trivelato e Alexandre; Axel, Gallo (Edmar) e Ranielli; Almir, Guga e Marcelo Passos.
Técnico: Geninho



Por dignidade, Portuguesa bate Santos

Ambas equipes cumpriam tabela. Com os dois gols, Bentinho chega a 15 e disputava a artilharia da competição.

Fonte: Jornal Folha de SP

São Paulo 2 x 1 Santos

Data: 18/11/1992, quarta-feira, 20h30.
Competição: Campeonato Paulista – Semifinais – Grupo A – 4ª rodada (antepenúltima)
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo, SP.
Público: 14.104 pagantes
Renda: Cr$ 347.560.000,00
Árbitro: Flávio de Carvalho
Cartão vermelho: Luiz Carlos (S)
Gols: Cafu (06-1); Muller (33-2) e Almir (35-2).

SÃO PAULO
Zetti; Vitor, Adílson, Ronaldo e Ronaldo Luís; Pintado, Válber e Cafu; Raí, Muller e Palhinha.
Técnico: Telê Santana

SANTOS
Sérgio; Dinho, Rogério Trivelato, Luiz Carlos e Flavinho (Alexandre); Axel, Gallo (Edmar) e Ranielli; Almir, Guga e Marcelo Passos.
Técnico: Geninho



São Paulo vence e é virtual finalista

Derrota para o rival acabou de vez com qualquer possibilidade de classificação do Santos para a final do torneio.

Na véspera, o técnico Carlos Alberto Parreira convocou para a seleção brasileira oito jogadores do São Paulo (Zetti, Vitor, Válber, Ronaldo, Raí, Palhinha, Muller e Elivélton) e um do Santos (Almir). Não foram chamados jogadores que atuavam no exterior.

O São Paulo tentava o empréstimo do ponta Almir, para utilizá-lo na final do mundial em Tóquio, contra o Barcelona.

Fonte: Jornal Folha de SP

Santos 1 x 2 Portuguesa

Data: 14/11/1992, sábado, 16h00.
Competição: Campeonato Paulista – Semifinais – Grupo A – 3ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 15.175 pessoas
Renda: Cr$ 311.050.000,00
Árbitro: José Roberto Wright
Gols: Adil (13-1), Guga (45-1) e Éder (37-2).

SANTOS
Sérgio; Dinho, Júnior, Luiz Carlos e Flavinho; Axel, Ranielli e Marcelo Passos; Almir, Guga e Edmar (Serginho Fraldinha).
Técnico: Geninho

PORTUGUESA
Ênio; Jorge Luís, Vladimir, Éder e Silva (Charles); Capitão, Cristóvão e Dener; Tico, Bentinho e Adil (Dinei).
Técnico: José Poy



Portuguesa derrota o Santos na Vila Belmiro e assume o segundo lugar do grupo com 4 pontos.

Guga anotou o seu 14º gol no campeonato.

Fonte: Jornal Folha de SP

Santos 0 x 3 São Paulo

Data: 11/11/1992, quarta-feira, 20h30.
Competição: Campeonato Paulista – Semifinais – Grupo A – 2ª rodada
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo, SP.
Renda: Cr$ 887.165.000,00
Público: 40.000 pagantes
Árbitro: Oscar Roberto de Godói.
Gols: Palhinha (40-1); Cerezo (15-2) e Vítor (39-2).

SANTOS
Sérgio; Índio, Júnior, Luiz Carlos e Nei (Rogério Trivelato); Axel, Gallo e Edu Marangon; Almir, Guga e Ranielli (Cilinho).
Técnico: Geninho

SÃO PAULO
Zetti; Vítor, Adílson, Ronaldo e Ronaldo Luís; Pintado, Cerezo (Válber), Cafu e Raí; Palhinha e Muller.
Técnico: Telê Santana



São Paulo massacra o Santos no Pacaembu

Time de Telê Santana faz 3 a 0, soma cinco pontos no Grupo 1 e fica muito perto da vaga para a decisão.

Fonte: Jornal Folha de SP