Navegando Posts marcados como 1998

Santos 2 x 1 Corinthians

Data 29/11/1998, domingo, 18h30.
Competição: Campeonato Brasileiro – Semifinais – 1º jogo
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público e renda: não divulgados
Árbitro: Sidrack Marinho (SE)
Cartões amarelos: Claudiomiro e Narciso (S).
Gols: Gamarra (01-1), Robson Luís (33-1) e Viola (36-2).

SANTOS
Zetti; Baiano, Argel, Claudiomiro e Athirson; Marcos Bazílio (Élder), Narciso, Eduardo Marques (Jorginho) e Róbson Luís; Alessandro (Messias) e Viola.
Técnico: Émerson Leão

CORINTHIANS
Nei; Índio, Gamarra, Batata e Silvinho; Gilmar, Vampeta, Rincón e Marcelinho Carioca; Edílson (Amaral) e Didi (Dinei).
Técnico: Wanderley Luxemburgo


Santos 3 x 0 Sport Recife

Data: 25/11/1998, quarta-feira, 21h40.
Competição: Campeonato Brasileiro – Quartas de finais – Jogo 3 de 3
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 25.229
Renda: N/D
Cartões amarelos: Claudiomiro, Marcos Bazílio e Élder (S); Russo, Alexandre Lopes, Lima e Leonardo (SR).
Cartão vermelho: Róbson (SR, 30/2).
Gols: Alessandro (24-1); Viola (05-2) e Viola (48-2).

SANTOS
Zetti; Baiano, Argel, Claudiomiro e Athirson; Marcos Bazílio, Narciso, Eduardo Marques (Élder) e Róbson Luís (Fernandes); Alessandro (Messias) e Viola.
Técnico: Emerson Leão

SPORT RECIFE
Bosco; Russo, Alexandre Lopes, Ronaldo e Édson; Sangaletti (Leandro), Wallace Goiano, Lima e Jackson; Leonardo (Valdomiro) e Róbson.
Técnico: Mauro Fernandes



Santos faz 2 a 1 na série de melhor de três e se classifica para enfrentar o Corinthians nas semifinais.

Santos 2 x 1 Sport Recife

Data: 21/11/1998, sábado, 16h00.
Competição: Campeonato Brasileiro – Quartas de final – Jogo 2 de 3
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 25.229 pagantes
Renda: R$ 252.075,00
Árbitro: Jorge dos Santos Travassos (RJ)
Cartões amarelos: Baiano, Athirson e Viola (S); Édson, Russo e Jackson (SR).
Gols: Eduardo Marques (32-1); Róbson (16-2) e Róbson Luís (30-2).

SANTOS
Zetti; Baiano, Argel, Sandro e Athirson; Marcos Bazílio, Narciso e Eduardo Marques; Alessandro (Messias), Viola e Róbson Luís.
Técnico: Emerson Leão

SPORT RECIFE
Bosco; Russo, Alexandre Lopes, Ronaldo e Édson; Sangaletti, Lima, Wallace Goiano e Jackson; Leonardo (Leandro) e Irani (Róbson).
Técnico: Mauro Fernandes



Era ma disputa em melhor de 3 jogos. Como o Sport havia vencido a primeira partida, se o Santos não ganhasse este jogo estaria eliminado.

Santos 2 x 2 América-RN

Data: 28/10/1998
Competição: Campeonato Brasileiro
Local: Estádio Machadão, em Natal, RN.
Árbitro: Luciano Augusto Almeida (DF)
Cartões amarelos: Gomes (A); Jean e Claudiomiro (S)
Gols: Zezinho (21-1) e Carioca (40-1); Fernandes (53s-2) e Alessandro (07-2).

AMÉRICA-RN
Gomes; Gilson, ROnald, Carlos Mota e Mingo (Flaviano); moisés, Carioca, Montanha e Biro-Biro; rogers (Moura) e Zezinho.
Técnico: Júlio César Leal

SANTOS
Zetti; Baiano, Jean, Claudiomiro e Gustavo; Marcos Bazílio, Narciso, Eduardo Marques (Messias) e Róbson Luís (bechara); Fernandes e Alessandro (Maezono).
Técnico: Émerson Leão



Narciso impede vitória santista em Natal
No dia de sua volta à seleção, volante desperdiça dois penaltis; Santos se classifica e América-RN é rebaixado

No dia da primeira convocação para seleção brasileira em dois anos, o volante Narciso errou as cobranças de dois pênaltis em Natal (RN).

Os erros impediram que o Santos vencesse o América-RN, de virada. Essa foi a sexta partida consecutiva sem vitória da equipe santista. Com o resultado o Santos subiu para 38 pontos e assegurou a classificação. O América foi a 15 pontos e está rebaixada para disputar a Série B em 1999.

A exemplo do restante da equipe do Santos, o zagueiro Jean e o volante Narciso, convocados para seleção brasileira, tiveram o segundo tempo melhor que o primeiro.

Como nas últimas partidas, o Santos teve desfalques, desta vez foram sete: Viola, Lúcio, Jorginho, Athirson, Anderson, Argel e Élder.

O primeiro tempo foi de baixo nível técnico. O América, recuado, dava chutoes para tentar encontrar os atacantes Zezinho e Rogers num lance de sorte. E aos 21’deu certo. Na corrida o zagueiro Claudiomiro tropeçou e caiu. O atacane Zezinho ficou livre diante de Zetti e tocou rasteiro: 1 a 0.

Aos 39′, Claudiomiro fez pênalti, que Carioca converteu, apliando para 2 a 0.

No segundo tempo, o Santos com Messias, marcou aos 53 segundos. Gustavo foi à inha de fundo e cruzou para Fernandes diminuir de cabeça.

Aos 26′, o goleiro Gomes, num carrinho, fez penalti em Alessandro, num lance que a bola iria sair. Na sequência se redimiu e defendeu a cobrança de Narciso.

três minutos depois, novo pênalti contra o América, desta vez sobre Messias. Narciso bateu no outro canto e acertou a trave.

Jogos inesquecíveis



Vídeos: (1) Melhores momentos, (2) torcida acompanhando jogo em um bar e (3) chegada da delegação em Santos.

Rosario Central 0 x 0 Santos

Data: 21/10/1998
Competição: Copa Conmebol – Final – Jogo de volta (decisão)
Local: Estádio Gigante Arroyto, em Rosário, na Argentina.
Público: 50.000
Árbitro: Ubaldo Aquino (PAR).
Cartões amarelos: Cuberas, Cappelletti, Marra e Flores (R); Claudiomiro, Marcos Bazílio, Athirson, Sandro e Narciso (S).
Cartões vermelhos: Daniele (R) e Eduardo Marques (S).

ROSARIO CENTRAL-ARG
Buljubasich, Jara, Marra (Cappelletti), Gerbaudo e Cuberas; H. González (E. González), Daniele, Rivarola e Gaitán; Flores e Maceratesi (Ruiz).
Técnico: Edgar Bauza

SANTOS
Zetti, Anderson, Sandro, Claudiomiro e Athirson; Marcos Bazílio, Élder, Narciso e Eduardo Marques; Fernandes (Baiano) e Alessandro (Adiel).
Técnico: Émerson Leão.