Navegando Posts marcados como Axel

Fluminense 3 x 4 Santos

Data: 31/10/1993, domingo, 17h00.
Competição: Campeonato Brasileiro – 1ª fase – 2º turno – 11ª rodada – Grupo B
Local: Estádio das Laranjeiras, no Rio de Janeiro, RJ.
Público: 2.093 pagantes
Renda: CR$ 1.046.500,00
Árbitro: José Mocellin (RS)
Cartões amarelos: Lula, Márcio e Chiquinho (F); Márcio, Axel, Sérgio Manoel e Eduardo (S).
Gols: Nílson (09-1), Guga (11-1), Nílson (38-1); Guga (01-2), Axel (07-2), Sérgio Manoel (08-2) e Andrei (17-2).

FLUMINENSE
Nei; Júlio César, Junior Mineiro, Andrei e Wallace; Márcio Baby, Serginho, Jerry (Edinho) e Julinho (Chiquinho); Ézio e Nílson.
Técnico: Edu Antunes Coimbra

SANTOS
Velloso; Índio, Lula, Marcelo Fernandes e Eduardo; Gallo, Axel, Marcio Griggio e Darci (Ranielli); Guga (Neizinho) e Sérgio Manoel.
Técnico: Pepe



Santos vira o jogo com ‘armadilha tática’

Equipe de Pepe ataca e defende em bloco, surpreende o Fluminense, vira a partida e fica a quatro pontos do Grêmio

Fonte: Jornal Folha de SP

Santos 2 x 0 Bragantino

Data: 14/03/1993, domingo, 16h00.
Competição: Campeonato Paulista – 1ª fase – Grupo A – 14ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 13.042 pagantes
Renda: Cr$ 618.925.000,00
Árbitro: Silas Santana
Gols: Axel (29-2) e Neizinho (33-2).

SANTOS
Maurício; Dinho, Júnior, Vilson e Silva; Axel, Darci, Cuca e Ranielli; Marcelo Passos (Neizinho) e Cilinho.
Técnico: Evaristo de Macedo

BRAGANTINO
Gabriel; Ayupe, Júnior, Carlos Augusto e João Batista; Marcão Carioca, Donizete e Carlos André; Marco Aurélio, Ronaldo Alfredo e João Santos.
Técnico: Luiz Carlos Prima (interino)



Santos vence e se aproxima da liderança

Time derrota Bragantino por 2 a 0 na Vila Belmiro mas é vaiado pela torcida

Santos fica um ponto apenas atrás do líder Palmeiras.

Fonte: Jornal Folha de SP

Santos 4 x 2 Portuguesa

Data: 23/01/1993, sábado, 17h00.
Competição: Campeonato Paulista – 1ª fase – Grupo A – 1ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 9.997 pagantes
Renda: Cr$ 480.940.000,00
Árbitro: José Aparecido de Oliveira
Gols: Almir (16-1), Marcelo Passos (45-1); Bentinho (08-2); Cilinho (09-2) e Cuca (28-2) e Axel (38-2, contra).

SANTOS
Mauricio; Dinho, Júnior, Rogério Trivelato e Silva; Axel, Darci (Gallo), Cuca (Serginho Fraldinha) e Marcelo Passos; Almir e Cilinho.
Técnico: Evaristo de Macedo

PORTUGUESA
Ênio; Jorge Luiz, Adílson, Éder e Du; Capitão, Pereira (Baiano) e Edivaldo; Paulinho (Tico), Bentinho e Dinei.
Técnico: José Poy



Santos goleia a Portuguesa na estréia do Paulistão 93

Créditos:
Vídeo: TV Bandeirantes – Wesley Miranda
Fonte: Jornal Folha de SP

Santos 3 x 0 Botafogo-SP

Data: 18/07/1992, sábado, 16h00.
Competição: Campeonato Paulista – 1ª fase – Grupo A – 1ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 5.724 pagantes
Renda: Cr$ 55.608.000,00
Árbitro: Dagoberto Teixeira
Cartões vermelhos: Sérgio Manoel e Almir (S); Guina e Leandro Silva (B).
Gols: Axel (02-1), Almir (35-1) e Índio (20-2).

SANTOS
Sérgio (Nílton); Índio, Rogério Trivelato, Luiz Carlos e Marcelo Veiga; Gallo, Axel e Sérgio Manoel; Almir, Marcelo Passos (Serginho Fraldinha) e Cilinho.
Técnico: Geninho

BOTAFOGO-SP
Marquito; Leandro Silva, Lucilo, Edson Mariano e Carlos Roberto (Claudinho); Nem, Zé Roberto, Guina e Toninho Cajuru (Joel); Nelson e Paulo Roberto.
Técnico: Afrânio Riul



Santos estreia no Paulistão contra o Botafogo na Vila

O volante Gallo, 25, contratado junto ao próprio Botafogo-SP, é a novidade no Santos.

Fonte: Jornal Folha de SP

Santos 4 x 0 Internacional

Data: 30/03/1992, segunda-feira, 21h00.
Competição: Campeonato Brasileiro – 1ª fase – 11ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 7.941 pagantes
Renda: CR$ 33.296.000,00
Árbitro: José Roberto Wright (SP)
Cartão amarelo: Zé Renato (S).
Cartoes vermelhos: Marquinhos, Gérson e Fernández (I).
Gols: Paulinho (18-1); Cilinho (12-2), Cilinho (15-2) e Axel (26-2).

SANTOS
Sérgio; Carlinhos (Guga), Pedro Paulo, Luiz Carlos e Marcelo Veiga; Axel, Zé Renato e Sérgio Manoel; Almir (Serginho Fraldinha), Paulinho McLaren e Cilinho.
Técnico: Geninho

INTERNACIONAL-RS
Fernnandez; Célio Lino, Célio Silva (Sandro Becker), Norton e Canhoto; Élson, Júlio e Marquinhos; Lima, Gérson e Zinho (Maizena).
Técnico: Antônio Lopes



Colorado simula contusões e foge de campo

Sendo goleados por 4×0, jogadores do Internacional simulam contusões e a partida acaba antes dos 90 minutos por falta de jogadores.

Segundo o ex-atleta Paulinho, este foi um dos seus tentos mais memoráveis.

Em um lance polêmico, Paulinho tomou a bola do goleiro paraguaio Gato Fernandez, que acabara de fazer uma defesa.

– Ele foi brincar na minha frente e eu não pensei duas vezes: enfiei o pé mesmo. O árbitro era o José Roberto Wright e ele validou o gol. Daí foi a maior confusão – recorda. Após o gol, três jogadores do Inter foram expulsos.



Fontes:
Jornal Folha de SP
Estadão