Navegando Posts marcados como Celso

Corinthians 2 x 0 Santos

Data: 17/07/1988, domingo, 16h00.
Competição: Campeonato Paulista – 2ª fase – 6ª rodada (última)
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo, SP.
Público: 26.017 (25.942 pagantes e 75 menores)
Renda: Cz$ 9.160.000,00
Árbitro: Ílton José da Costa
Cartão vermelho: Edelvan (S).
Gols: Everton (20-1) e Celso (contra, 36-1).

SANTOS
Nilton; César Sampaio, Celso, Cássio e Heraldo; César Ferreira, Mendonça, Marco Antônio Cipó e Júnior; Giba e Edelvan.
Técnico: Geninho

CORINTHIANS
Ronaldo; Edson, Marcelo, Denílson e Dida; Biro-Biro, Wilson Mano e João Paulo; Paulinho Carioca, Márcio e Everton.
Técnico: Jair Pereira



Corinthians vence e vai a final com ajuda do Palmeiras

O goleiro Ronaldo defendeu pênalti cobrado por Mendonça aos 47′ do primeiro tempo. Santos cumpria tabela.

Fonte: Jornal Folha de SP

América-SP 0 x 3 Santos

Data: 14/06/1987, domingo, 16h00.
Competição: Campeonato Paulista – 2° turno – 23ª rodada
Local: Estádio Mário Alves Mendonça, o “Caldeirão do Diabo”, em São José do Rio Preto, SP.
Público: 9.174 pagantes
Renda: Cz$ 611.640,00
Árbitro: Dulcídio Vanderlei Boschilla
Cartão vermelho: Claudinho (S)
Gols: Luis Carlos (21-1), Pedro Paulo (39-1) e Celso (12-2).

AMÉRICA-SP
Betinho; Brasinha, Jair Neves, Roberto e Daniel; Ademilson (Marcelo), Delti e Roberto Cavalo; Dócio, Caludinho (Pianelli) e Vilson.
Técnico: Wilson Francisco Alves

SANTOS
Rodolfo Rodriguez; Ijuí, Nildo, Toninho Carlos (Pedro Paulo) e Claudinho; Celso, Hugo De León e Mendonça; Osvaldo, Luis Carlos e Carlos Alberto (Luisinho).
Técnico: Candinho



Santos vence por 3 a 0 e mantém liderança

Empréstimo bancário anima o líder em Rio Preto. Atraso começava a provocar protestos.

Fontes: Jornal Folha de SP – 14/06 e 15/06

Monte Sião 1 x 5 Santos

Data: 22/02/1987, domingo
Competição: Amistoso
Local: Estádio Antônio Osvaldo Bernardi, em Monte Sião, MG.
Público e Renda: N/D
Árbitro: Décio Fonseca
Gols: Dino Furacão (41-1); Bodinho (14-2), Serginho Dourado (29-2), Acácio (31-2, contra), Ribamar (33-2) e Celso (40-2, de pênalti).

SELEÇÃO DE MONTE SIÃO
Osinho; Bodinho, Acácio, Valtinho, Luiz Cláudio, Jango, Robson, Dercílio, Ely (Lico), Nilton e Anderson.
Técnico:

SANTOS
Nilton; Ijuí, Celso, Toninho Carlos (Tomé) e Davi; Ben Hur, Ribamar e Marco Antônio Cipó (Serginho Dourado); Solano (Marquinhos), Dino Furacão (Serginho) e Carlos Alberto Silva.
Técnico: Chico Formiga



Fonte: Almanaque do Santos FC

Chivas Guadalajara 0 x 1 Santos

Data: 26/03/1986
Competição: Amistoso
Local: Estádio Atlante, na Cidade do México, México.
Público e renda: N/D
Árbitro: Raymond Renner
Gol: Celso (14-1).

CHIVAS GUADALAJARA
Ledesma; Lugo, Dias, Madeiro e Ibarra; Lopes, Arelane (Garcia), Rodrigues (Gonzalez), DeLa Torre, Arias (Hector) e Torres.
Técnico: Alberto Guerra

SANTOS
Rodolfo Rodríguez; Gilberto Sorriso, Davi, Toninho Carlos e Paulo Róbson; Dunga, Celso e Junior (Carlos Alberto Borges); Mazinho Oliveira, Serginho Chulapa (Gerson) e Zé Sérgio (Kazu).
Técnico: Júlio Espinosa


Cansado, mas com um lucro de 20 mil dólares (Cr$ 277.000), o Santos retorna da miniexcursão aos Estados Unidos (onde empatou com a Seleção do México por 0 x 0) e Cidade do México, palco da vitória sobre o Deportivo Guadalajara, três dias depois. O Chivas foi o campeão mexicano em 86-87.

Fonte: Almanaque do Santos FC

América-SP 2 x 1 Santos

Data: 07/11/1982, domingo, 16h00.
Competição: Campeonato Paulista – 2º turno – 11ª rodada
Local: Estádio Mário Alves Mendonça, em São José do Rio Preto, SP.
Público: 1.840 pagantes
Renda: Cr$ 2.646.600,00
Árbitro: Nilson Cardoso Bilha.
Cartões vermelhos: Marcos Vinícius (A) e Luiz Gustavo (S).
Gols: Paulinho Rocha (13-1) e Rubão (21-1); Celso (43-2).

AMÉRICA-SP
Valô; Admilson, Miro, Marcus Vinícius e Ademir Gomes; Suca, Rotta e Paulinho Rocha; Marinho, Rubão (Guilherme) e Mazola (Jorge Lima).
Técnico: Wilson Francisco Alves

SANTOS
Marolla; Toninho Paraná, Joãozinho, Toninho Carlos e Gilberto Sorriso; Celso, Luiz Gustavo e Pita; Paulinho Batistote (Serginho Dourado), Paulinho Fonseca (Cardim) e João Paulo.
Técnico: Cilinho



Santos volta a jogar mal e perde

Treinador cutucou os jogadores antes da partida com frase atribuída ao técnico adversário

Antes da partida, visando motivar os seus jogadores ainda durante o almoço, Cilinho colocou bilhetes datilografados com uma frase atribuída ao técnico do América, Wilson Francisco Alves:

“Do velho Santos, só restou a camisa; você concorda?”

Ao final do encontro, Cilinho confessou que a ideia de deixar o bilhete foi sua, “pois nossa vontade era vencer o jogo e precisávamos provocar o elenco, pois o jogador tinha que entrar em campo com raiva”.

O Santos impediu o América de utilizar o lateral direito Suemar, por ser dono do seu passe.

Fonte: Jornal Folha de SP