Navegando Posts marcados como Copa União

Goiás 0 x 0 Santos

Data: 01/11/1987
Competição: Campeonato Brasileiro (Copa União) – 2ª fase – 11ª rodada
Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia, GO.
Público: 9.749
Renda: Cz$ 1.000.850,00
Árbitro: Wilson Carlos dos Santos (RJ)
Cartões amarelos: Pedro Paulo e Glauco (S).

GOIÁS
Eduardo Heuser; Válter, Gomes, Ronaldo Castro e Flavinho; Uidemar, Fagundes (Tiãozinho) e Péricles; Carlos Alberto Seixas, Formiga e Niltinho (Sabará).
Técnico: Zé Mário

SANTOS
Rodolfo Rodriguez; Raul, Nildo, Pedro Paulo e Luisinho; César Sampaio, César Ferreira (Osmarzinho), Mendonça e Glauco (Antonio Carlos); Chicão e Arizinho.
Técnico: Geninho.

Santos 2 x 1 Coritiba

Data: 28/10/1987
Competição: Copa União (Campeonato Brasileiro) – 2ª fase – 10ª rodada
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo, SP.
Público: 2.156
Renda: Cz$ 219.750,00
Árbitro: Luís Carlos Félix (RJ)
Gols: Chicão (12-1); Milton (32-2) e Osmarzinho (38-2).

SANTOS
Rodolfo Rodriguez; Raul, Davi, Nildo e Luisinho; César Sampaio, César Ferreira (Osmarzinho), Mendonça e Glauco; Chicão e Arizinho (Celso).
Técnico: Geninho.

CORITIBA
Rafael; Márcio, Paulo Feitosa, Adilço e Heraldo; Milton, Adílio (Tostão), Marildo e Mauro; Luis Fernando e Lela (Edson Borges).
Técnico: Otacílio Gonçalves.



Créditos:
Vídeo: TV Cultura – Disponibilizado por Wesley Miranda.

São Paulo 3 x 1 Santos

Data: 24/10/1987
Competição: Campeonato Brasileiro (Copa União) – 2ª fase – 9ª rodada
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo, SP.
Público: 6.925
Renda: Cz$ 906.350,00
Árbitro: José Roberto Wright (RJ).
Cartões amarelos: Paulo Martins e Silas (SP); Rodolfo Rodríguez e Luisinho (S).
Gols: Muller (23-1, de pênalti), Silas (37-1); Pita (16-2) e Davi (27-2).

SÃO PAULO
Rojas; Zé Teodoro, Adilson, Fonseca e Nelsinho; Paulo Martins, Pita, Silas e Raí; Edvaldo (Dácio) e Müller.
Técnico: Cilinho

SANTOS
Rodolfo Rodríguez; Raul, Davi, Nildo e Luisinho; César Sampaio, Antonio Carlos, Mendonça e Arizinho (Augusto); Chicão e Luís Carlos (Glauco).
Técnico: Candinho.



São Paulo joga bem e vence o Santos

Fonte: Estadão

Santos 0 x 1 Bahia

Data: 17/10/1987
Competição: Campeonato Brasileiro (Copa União) – 1ª Fase – 8ª rodada
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo, SP.
Público: 4.173
Renda: Cz$ 365.650,00
Árbitro: Luís Carlos Félix (RJ)
Cartão amarelo: Claudir e Zé Carlos (B).
Gol: Sandro (11-2).

SANTOS
Rodolfo Rodriguez; Raul, Davi, Nildo e Luisinho; Antonio Carlos, Mendonça e Marco Antônio Cipó (Edelvan); Glauco, Augusto e Osmarzinho.
Técnico: Candinho

BAHIA
Rogério; Zanata, Claudeir, Edson Mariano e Edinho; Sales, Bobô, Lulinha (Leandro) e Zé Carlos; Ronaldo Marques e Sandro.
Técnico: Paulinho de Almeida

Santa Cruz 3 x 1 Santos

Data: 10/10/1987
Competição: Campeonato Brasileiro (Copa União) – 1ª Fase – 7ª rodada
Local: Estádio do Arruda, em Recife, PE.
Público: 5.796 pagantes
Renda: Cz$ 486.240,00
Árbitro: Wilson Carlos dos Santos
Auxiliares: Júlio César Consenza e J. Almeida Dutra
Cartões amarelos: Ataíde (SC) e Antonio Carlos (S).
Gols: Ataíde aos 32 min e Alexandre aos 45 min do 1º tempo. Mendonça (de penalti) e Dadinho aos 38 min do 2º tempo.

SANTA CRUZ
Santa Cruz: Banana; Orlando, Alexandre, Ivan e Lotti; Zé do Carmo, Ataíde e Sérgio China (Rinaldo); Edson, Dadinho e Gilson Gênio.
Técnico: Abel Braga

SANTOS
Rodolfo Rodriguez, Ijuí, Davi, Pedro Paulo (Nildo) e Luisinho; Antonio Carlos, Mendonça e Glauco; Osmarzinho, Luís Carlos e Edelvan (Augusto).
Técnico: Candinho


Santos leva baile do Santa Cruz no Arrudão

O Santa Cruz, como nos bons tempos, empolgou sua torcida no Colosso do Arruda, derrotando o Santos por 3×1 e dando um verdadeiro baile no time da Vila Belmiro.

O Santa Cruz terminou o primeiro tempo vencendo por 2×0, gols de Ataíde, aos 32 e Alexandre aos 45 minutos. O Santos marcou o seu gol de honra através do jogador Mendonça, num pênalti marcado pelo árbitro Wilson Carlos dos Santos, alegando toque de mão da zaga tricolor. O terceiro gol surgiu de uma roubada do ponteiro direito Edson, que lançou a Dadinho para marcar aos 38 minutos do segundo tempo.

Fonte: Diário de Pernambuco.