Navegando Posts marcados como Fernando

Inter de Limeira 1 x 1 Santos

Data: 20/04/1997
Competição: Campeonato Paulista
Local: Estádio Major José Levy Sobrinho, em Limeira, SP.
Público: 13.189 pagantes
Renda: R$ 60.775,00
Árbitro: Júlio Matto (URU)
Cartões amarelos: Sérgio Araújo, Tonhão e Marquinhos (I); Rogério Seves (S).
Cartão vermelho: Vágner (S)
Gols: Dinei (36-1); Fernando (28-2).

INTER DE LIMEIRA
Sérgio; Capixaba, Lica, Tonhão e Daniel Jr (Émerson); Zelito, Charles Guerreiro, Beto e Castorzinho (Edu Marangon); Sérgio Araújo (Paulinho) e Dinei.
Técnico: Pepe

SANTOS
Zetti; Ânderson, Narciso, Ronaldão e Rogério Seves; Marcos Assunção, Vágner, Alexandre e Robert (Caíco); Fernando e João Luís Fumaça (Careca).
Técnico: Wanderley Luxemburgo


Portuguesa Santista 0 x 2 Santos

Data: 13/04/1997
Competição: Campeonato Paulista
Local: Estádio Ulrico Mursa, em Santos, SP.
Público: 8.000 pagantes
Renda: R$ 79.445,00
Árbitro: Edilson Pereira de Carvalho (SP)
Cartões amarelos: Marinho, Calazans e Demétrios (P); Élder e Ronaldão (S).
Cartões vermelhos: Orlando Pereira (P).
Gols: João Fumaça (25-1) e Fernando (49-2).

PORTUGUESA SANTISTA
Ivan; Paulinho Goiano (Juares), Marinho, Émerson e Pita (Wanderlan); Calazans, Amilton (Célio), Rodrigo e Gian; Toni e Demétrios.
Técnico: Orlando Pereira

SANTOS
Zetti; Ânderson Lima, Narciso, Ronaldão e Cássio (Ronaldo); Marcos Assunção, Élder, Vagner e Caíco (Eduardo Marques); Macedo (Fernando) e João Fumaça.
Técnico: Wanderlei Luxemburgo



Santos vence clássico e conquista troféu

O Santos venceu por 2 a 0 a Portuguesa Santista no chamado “clássico das praias”, disputado ontem à tarde no estádio Ulrico Mursa. Os gols foram dos juniores João Luís Fumaça e Fernando.

O Santos também conquistou o troféu Cidade de Santos oferecido pela Prefeitura Municipal.

O placar não espelha o que foi a partida. A Portuguesa exerceu muita pressão e criou inúmeras chances de gol, mas esbarrou no goleiro Zetti.

Além da derrota, a Portuguesa sofreu outros prejuízos. Como solicitou a carga de 12 mil ingressos, e a Polícia Militar só autorizou, por medida de segurança, a venda de 8.000.

A Portuguesa foi punida pela Federação Paulista de Futebol com interdição temporária de seu estádio (até o impasse ser resolvido) e terá de pagar R$ 40 mil referentes aos ingressos que não foram vendidos.

No segundo turno da segunda fase, a Portuguesa enfrentará em casa o Juventus, o Palmeiras, a Lusa e o Botafogo de Ribeirão.

Dentro de campo

Por jogar em casa, a Portuguesa começou pressionando.

O Santos só chegou com perigo aos 15min, em jogada individual de Vágner.

Aos 25min, o Santos abriu o placar. Cássio recebeu a bola pela esquerda, driblou Paulinho Goiano e cruzou. João Fumaça se antecipou à zaga e, com o pé direito, fez 1 a 0.

O Santos voltou para o segundo tempo tocando a bola enquanto a Portuguesa partiu para cima pressionando e conseguindo 14 escanteios, mas esbarrando em Zetti.

O Santos não soube explorar os contra-ataques. O técnico Orlando substituiu o lateral direito Goiano pelo atacante Juares.

O segundo gol aconteceu aos 49min. Eduardo Marques lançou Fernando que foi à linha de fundo e chutou para o gol. O goleiro Ivan, que esperava o cruzamento, ainda tentou interceptar a bola, mas acabou empurrando-a para dentro do gol.

Luxemburgo critica interdição de estádio

O técnico Wanderley Luxemburgo criticou a decisão da Federação Paulista de Futebol de interditar o estádio Ulrico Mursa.

“Por que o Santos jogou no campo da Portuguesa Santista e os demais também não poderão jogar aqui?”, perguntou. Segundo Luxemburgo, o Farah (Eduardo José Farah, presidente da federação) não pode tirar jogos do Ulrico Mursa. “O Santos não pode ser prejudicado.”

A estréia do Santos na segunda fase do segundo turno do Paulista é contra a Inter, domingo, em Limeira.

A diretoria espera promover a estréia do atacante Muller, contratado do Perugia, da Itália. “Já pagamos US$ 1 milhão e acertamos a forma de pagar o US$ 1 milhão restante”, disse o diretor de futebol, José Paulo Fernandes.



Fonte: Jornal Folha de SP

Santos 2 x 0 Inter de Limeira

Data: 21/11/1984, quarta-feira, 21h15.
Competição: Campeonato Paulista – 2º turno – 17ª rodada (36ª rodada)
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 13.172 pagantes
Árbitro: José de Assis Aragão
Gols: Serginho Chulapa (16-2) e Fernando (42-2).

SANTOS
Rodolfo Rodríguez; Chiquinho, Márcio Rossini, Fernando e Toninho Oliveira; Dema, Paulo Isidoro e Humberto; Lino (Gersinho), Serginho Chulapa e Zé Sérgio.
Técnico: Carlos Castilho

INTER DE LIMEIRA
Serginho; Toninho Paraná, Vilson, Alamir e Almeida; Muller, Toinzinho e Luís Gustavo; João Luís, Adilson e Jérson.
Técnico:


Santos 5 x 1 Inter de Limeira

Data: 25/10/1983, terça-feira, 21h00.
Competição: Campeonato Paulista
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 9.055 pagantes
Renda: Cr$ 6.800.600,00
Árbitro: Ílton José da Costa
Cartão amarelo: Beto Lima (I).
Gols: Fernando (16-1), Serginho Chulapa (26-1), Lino (40-1), Cacau (43-1, de pênalti); Serginho Chulapa (11-2) e Toninho Oliveira (35-2).

SANTOS
Marola; Toninho Oliveira, Davi, Fernando (Pagani) e Paulo Róbson; Dema, Paulo Isidoro e Pita; Lino, Serginho Chulapa (Claudinho) e João Paulo.
Técnico: Chico Formiga

INTER DE LIMEIRA
Marcos; Nonoca, Beto Lima, Bolívar e Batata; Salomão, Cardim (Itamar) e Cacau; Evaristo, Baía e Ronaldinho (Paulo Roberto).
Técnico: Sérgio Clérice



Santos goleia Inter de Limeira na Vila Belmiro

Fonte: Jornal Folha de SP

Santos 0 x 1 XV de Jaú

Data: 12/06/1983
Competição: Campeonato Paulista – 1º turno – 3ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 5.946 pagantes
Renda: Cr$ 3.849.300,00
Árbitro: Luís Carlos Antunes
Cartão amarelo: Wilson mano e Alexandre Bueno (T).
Gol: Fernando (32-1, contra).

SANTOS
Marolla; Toninho Oliveira, Pagani, Fernando e Gilberto Sorriso; Dema, Jorge Luís (Édson), e Nílson Dias (Gérson); Serginho Dourado, Serginho Chulapa e Careca.
Técnico: Chico Formiga

XV DE JAÚ
Jair; Fonseca, Tobias, Luís Carlos e Cidinho; Wilson Mano, Célio e Alexandre Bueno; Zé Carlos, Wilson (Nereu) e Arôni.
Técnico: José Galli


Santos joga no abafa e perde o jogo em um contra-ataque do XV. O quarto-zagueiro Fernando, contratado junto a Portuguesa Santista, estreia marcando um gol contra.

Santos segue desfalcado devido a convocação da seleção brasileira. São nada menos do que seis atletas, já contando com o lateral direito Betão, contratado junto ao Sport, que ainda não estreiou. São eles: Marcio Rossini, Toninho Carlos, Paulo Isidoro, Pita e João Paulo.

Serginho Chulapa também seria convocado mas declarou não ter mais interesse em servir a seleção brasileira e foi criticado pelo técnico Parreira.