Navegando Posts marcados como Gerson

Botafogo 2 x 3 Santos

Data: 16/11/1986, domingo, 17h00.
Competição: Campeonato Brasileiro – 2ª fase – Grupo I – 8ª rodada
Local: Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro, RJ.
Público: 13.754 pagantes
Renda: Cz$ 405.675,00
Árbitro: Manoel Amaro de Lima
Gols: Maurício (07-1) e Roberto Carlos (10-1); Gerson (10-2), Nildo (12-2) e Gerson (16-2).

BOTAFOGO
Zé Luis; Josimar, Marinho, Osvaldo e Gilberto; Luisinho, Alemão e Arturzinho; Maurício Roberto Carlos (Silvinho) e Berg (Antônio Carlos).
Técnico: Joel Martins

SANTOS
Rodolfo Rodríguez; Ijuí, Nildo, Toninho Carlos e Paulo Róbson; César Sampaio, Ribamar (Gerson) e Santín; Solano, Dino Furacão e Antônio Carlos.
Técnico: Chico Formiga



Santos reage e vence Botafogo por 3 a 2 no Maracanã

Equipe carioca abre 2 a 0, mas Santos faz três gols em 6 minutos e consegue a virada

Fonte: Jornal Folha de SP

Cruzeiro 2 x 3 Santos

Data: 03/09/1986, terça-feira, 21h00.
Competição: Campeonato Brasileiro (Copa Brasil) – 1ª fase – 1ª rodada – Grupo C
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte, MG.
Público: 16.691 pagantes
Renda: Cz$ 294.722,00
Árbitro: Luís Carlos Félix
Gols: Edson (03-1), Serginho Dourado (23-1) e Gerson (29-1); Ribamar (04-2) e Geraldão (12-2).

CRUZEIRO
Wellington (Gomes); Balu, Geraldão, João Batista e Ademar; Élder, Andrade e Ernani; Robson (Gil), Vanderley e Edson.
Técnico: Carlos Alberto Silva

SANTOS
Rodolfo Rodríguez; Amauri, Celso, Pedro Paulo e Paulo Róbson; Dunga (César Sampaio), Ribamar e Junior; Serginho Dourado, Gerson e Carlos Alberto Borges.
Técnico: Chico Formiga



São Bento 2 x 1 Santos

Data: 14/08/1986, quinta-feira.
Competição: Campeonato Paulista – 2º turno – 18ª rodada (penúltima)
Local: Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, SP.
Público: 2.581 pagantes
Renda: Cz$ 53.860,00
Árbitro: Almir Laguna
Gols: Paulo (13-2), Jones (21-2, de pênalti) e Gerson (40-2, de pênalti).

SÃO BENTO
Abelha; Celso Bauer, Édson, Paulo e Edel; Roberto, Cacau (Solano) e Ângelo (Zé Carlos); Jeferson, Jones e Dino.
Técnico:

SANTOS
Raul; César Sampaio, Flávio, Maurício e Paulo Róbson; Mário Sérgio (Amauri), Júnior e Carlos Alberto Borges; Mazinho Oliveira, Gerson e Zé Sérgio (Édson).
Técnico: Julio Espinosa



Santos: derrota aumenta a crise

Já classificado, cumprindo tabela visivelmente desmotivado e com um time misto, o Santos foi derrotado. Carlos Alberto Borges desperdiçou pênalti aos 35-1, chutando nas mãos de Abelha.

Hoje haverá reunião da diretoria para possível demissão do técnico Julio Espinosa, que se desentendeu com Luís de Souza Júnior, vice presidente de futebol. Ambos brigaram na excursão pela Europa e o diretor condiciona a sua permanência no clube à saída do técnico.

O presidente em exercício Florival Barletta manteve contato com Milton Teixeira que concorda com seu posicionamento. Assim, devem ser demitidos o técnico e o preparador físico.

Fonte: Jornal Folha de SP

Santos 2 x 1 Grasshopper

Data: 18/01/1986, sábado, 18h00.
Competição: Torneio Internacional de Verão da Cidade de Santos
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 1.017
Renda: Cr$ 19.485.000,00
Árbitro: José de Assis Aragão
Gols: Serginho Carioca e Gerson; Gren.

SANTOS
Rodolfo Rodríguez; Toninho Oliveira, Davi, Pedro Paulo e Paulo Róbson (Biro-Biro); Serginho Carioca, Celso e Édson; Mário Sérgio (Enéas), Gerson (Careca) e Paulo Leme.
Técnico: Carlos Castilho

GRASSHOPPER CLUB (SUI)
Brunner; Egli, Borchelis (Raimondo Ponte), Martín Rueda e Andermatt (Imhof); Andracchio (Pedro Marin), Alain Sutter, Mets Gren e Koller; In-Albon e Claudio Sulser (Matthey).
Técnico: Timo Konietzka


Fonte: Jornal Folha de SP

Santos 2 x 1 Corinthians

Data: 22/03/1984, quinta-feira, 15h30.
Competição: XVI Taça São Paulo de Futebol Júnior – Final
Local: Estádio do Canindé, em São Paulo, SP.
Árbitro: José de Assis Aragão
Cartões amarelos: Brandão (C); Pedro Paulo, Mário e Mauro (S).
Gols: Gérson (18-1), Rogério (32-1) e Flávio (44-2).

SANTOS
Nílton; Amauri, Pedro Paulo, Flávio e Mário; Mazinho Oliveira, Enéas e Édson; Mauro, Gérson e Guinho (Rogério).
Técnico: Ernesto Marques

CORINTHIANS
Alexandre; Éder (Ferrari), Marcelo, Pinela e Brandão; Moisés, Careca e Edmundo; Aguinaldo, Carioca (Valtinho) e Rogério.
Técnico: Écio Pasca



Meninos do Santos conquistam o título inédito da Taça São Paulo de Futebol Júnior

Conhecida por revelar jogadores, a Copa São Paulo de Futebol Júnior traça destinos diferentes aos atletas que sonham com gols e títulos no time profissional.

Em 1984, os times chegaram à final da competição com jogadores promissores no elenco. Pelo lado santista, o atacante Gérson e o volante César Sampaio, que viu a vitória do Santos por 2 a 1 do banco de reservas tiveram carreiras vitoriosas. Outros poucos vingaram. Foi o caso do goleiro Nílton, dos zagueiros Pedro Paulo e Flávio, além do ponta Paulo Leme, que, suspenso, não disputou a final. “Depois joguei no Paulista de 1986, quando vencemos o primeiro turno”, lembra. Paulo também esteve no Náutico e no Palestra de São Bernardo.

O jogo

Corinthians e Santos decidiram a Copinha de 1984 no dia 22 de janeiro, com mais de 20 mil torcedores nas arquibancadas do Canindé. Para chegar à final, o time santista eliminou o Cruzeiro, a Ponte Preta e o Nacional. Já a equipe corintiana venceu Botafogo, Flamengo e São Paulo. Na equipe são-paulina, jogavam Müller e Silas. No Flamengo, o goleiro Zé Carlos e o zagueiro Aldair.

O Corinthians da final jogou no 4-3-3. Sob o comando de Écio Pasca, treinador da Portuguesa de Dener no título da Copinha de 1991, o time sofreu o primeiro gol aos 18 minutos do primeiro tempo. Gérson, que depois defendeu Atlético-MG e Internacional – falecido em 1994, completou para o gol após falta batida pela direita. O corintiano Rogério, na entrada da área, empatou 14 minutos depois.

De acordo com Écio Pasca, o time alvinegro, que buscava o terceiro título do torneio, acabou prejudicado pelo árbitro José de Assis Aragão no último lance do jogo, quando o Santos conseguiu desempatar a partida. “O jogo ia para a prorrogação. A bola bateu no Gérson e saiu pela linha de fundo, mas o Aragão marcou escanteio”, disse.

Após a cobrança, Flávio subiu e fez 2 a 1 para o Santos, que conquistou a Copa São Paulo pela primeira vez. “Eu estava marcando o outro zagueiro, o Pedro Paulo. O Flávio cabeceou forte e o Alexandre não conseguiu defender”, lembra Pinella.

Ao término da partida, coube a Aguinaldo voltar ao campo e buscar o troféu do vice-campeonato do Corinthians. “Todo mundo foi embora chorando e esqueceu da taça”, disse.

Pouco mais de dez meses depois, o Santos voltou a vencer o Corinthians, dessa vez no Campeonato Paulista profissional. Serginho Chulapa marcou o gol do título santista e evitou o tricampeonato corintiano.

Fonte: Jornal Folha de SP

Santos e Corinthians disputaram a taça palmo a palmo.



Campanha:

05 jogos
04 vitórias
01 empate
00 derrotas
09 gols pró
03 gols contra
06 saldo

Artilheiros do Santos:

03 gols – Mauro
02 gols – Gérson e Paulo Leme
01 gol – Flávio e Pedro Paulo

Artilheiros da competição: 03 gols – Mauro (Santos), Joel (Ponte Preta) e Caio (Grêmio).

Colocação final: Santos (campeão), Corinthians (vice), São Paulo (3º) e Nacional (4º).

Fichas técnicas:

12/01/1984 – Santos 3 x 0 Matsubara-PR
Data: 12/01/1984, quinta-feira, 16h00.
Competição: Copa São Paulo de Juniores – Grupo E – 1ª rodada
Local: Estádio Humberto de Alencar Castelo Branco, o Baetão, em São Bernardo, SP.
Gols: Gérson, Mauro e Paulo Leme.



Santos 2 x 1 Cruzeiro
Data: 14/01/1984, sábado.
Competição: Copa São Paulo de Juniores – Grupo E – 2ª rodada (última)
Local: Estádio Humberto de Alencar Castelo Branco, o Baetão, em São Bernardo, SP.
Árbitro: David Aleixo
Gols: Mauro (13-1); Mauro (05-2) e Julinho (37-2, de pênalti).

SANTOS
Nílton; Amauri, Pedro Paulo, Flávio e Mauro (Biro); Enéas, Mazinho Oliveira e Edson; Mauro, Gérson e Paulo.

CRUZEIRO
Gilmar; Ronaldo, Mantena, Vilmar e Ismar; Maxwell, Julinho e Altair (Murilo); Zezé (Rogério), Zé Luís e Marcos.



Santos 0 x 0 Ponte Preta – 5 x 4 nos pênaltis

Data: 17/01/1984, terça-feira, 20h30.
Competição: Copa São Paulo de Juniores – Quartas de final
Local: Estádio Baetão, em São Bernardo, SP.



Nacional-SP 1 x 2 Santos

Data: 19/01/1984, quinta-feira, 16h00.
Competição: Copa São Paulo de Juniores – Semifinal
Local: Estádio Nicolau Alayon, em São Paulo, SP.
Árbitro: Edgar de Lemos Dias
Gols: Paulo Leme (44-1); Ditinho (05-2) e Pedro Paulo (27-2).

NACIONAL-SP
Borracha; Roni (Edilson), Wladimir, Julio César e Arnaldo; Djalma (Batata), Paulinho e Luciano; Ditinho, Ronaldo e Zé Roberto.

SANTOS
Nílton; Amauri, Pedro Paulo, Flávio e Mário; Mazinho Oliveira, Luís Claudio e Edson; Mauro, Gérson (Silvinho) e Paulo Leme.