Navegando Posts marcados como Jair Ventura

Técnico não resiste à pressão da torcida e à sequência ruim de atuações e resultados no Peixe

Fim da linha: Jair Ventura não é mais técnico do Santos. O treinador, que já estava bastante pressionado no cargo por parte dos torcedores, também perdeu o apoio da diretoria santista. O comandante não resistiu às más atuações da equipe após a pausa para a Copa do Mundo e foi desligado na tarde desta segunda-feira.

No duelo contra o Flamengo, na quarta-feira, o time será comandado interinamente pelo auxiliar Serginho Chulapa.

O clube anunciou nas redes sociais o desligamento do técnico santista.

– A direção do Santos Futebol Clube comunica que Jair Ventura não é mais treinador da equipe profissional. O Clube agradece o profissionalismo do técnico durante o tempo em aqui esteve no comando do Peixe – diz o comunicado.

Zé Ricardo, livre no mercado após pedir demissão no Vasco, é o nome que mais agrada a diretoria do Peixe. Abel Braga também já teve seu nome citado em reuniões recentes, mas não planeja assumir nenhum clube após se desligar do Fluminense.

No Santos, Jair Ventura somou 39 jogos, sendo 14 vitórias, 10 empates e 15 derrotas, um aproveitamento de 44,4%.

Jair Ventura iniciou seu trabalho no Santos no dia 3 de janeiro deste ano, na reapresentação do elenco das férias. Ele foi o primeiro técnico da gestão do presidente José Carlos Peres.

O técnico chegou ao Peixe após ótimo trabalho realizado no Botafogo. Por isso, a expectativa dos santistas sobre o comandante era grande, mas não se tornou realidade.

Parte da diretoria já defendia a demissão de Jair ainda no primeiro semestre, alegando que o time não tinha um padrão de jogo e que o famoso “DNA ofensivo” havia sido extinto.

Um dos problemas vividos por Jair no Santos foi a falta de um camisa 10. A diretoria do Peixe buscou atletas para repor a vaga deixada por Lucas Lima no ano passado por mais de sete meses, até contratar Bryan Ruiz, atleta que o comandante nem conseguiu utilizar. Nesses mais de seis meses de trabalho, o técnico testou diversos jogadores na função, mas nenhum engrenou.

Jair deixa o Santos com o time perto da zona de rebaixamento. O Peixe ocupa a 15ª colocação, com 15 pontos, mas com um jogo a menos, a ser disputado com o Vasco após a Copa do Mundo. O América-MG, primeiro clube da degola, tem um ponto a menos.


Técnico faz acordo e parcela multa de rescisão com Botafogo

Jair Ventura é o novo técnico do Santos. O Peixe anunciou, na manhã desta quarta-feira, a contratação do comandante para 2018. A rescisão com o Botafogo foi assinada na terça-feira, e Jair fez um acordo para parcelar a multa, de cerca de R$ 800 mil. O valor, porém, cai quase pela metade pois teve o abatimento de férias, 13º e premiações atrasadas.

O acordo foi feito pelo Botafogo diretamente com Jair, sem a participação do Santos, mas pessoas próximas ao treinador garantem que o Peixe é quem irá arcar com a multa, dividida em duas parcelas. O Alvinegro carioca informou ao GloboEsporte.com que ainda não recebeu.

As negociações com o comandante foram conduzidas pelo novo presidente do Santos, José Carlos Peres, e o executivo de futebol Gustavo Vieira de Oliveira. Jair chega com o auxiliar Emílio Faro e o preparador físico Ednilson Sena, seus companheiros de trabalho na equipe carioca. Ele será apresentado oficialmente pelo Peixe nesta sexta-feira, juntamente com Gustavo Vieira.

Mesmo com o carinho pelo Botafogo, Jair Ventura estava preocupado com a próxima temporada. Fora da Libertadores e sem dinheiro, o clube carioca não pretende fazer grandes investimentos e vem perdendo peças importantes, como Roger, Victor Luis e Bruno Silva.

Jair Ventura tem 38 anos e chegou ao Botafogo em 2009, como auxiliar técnico de Ney Franco. Antes de ser efetivado, em agosto de 2016, trabalhou como preparador físico, técnico do sub-20 e treinador interino na equipe carioca.

Ele chamou a atenção do Santos por conta da boa temporada que fez com o Botafogo em 2017. Com um elenco limitado, conseguiu levar o time às quartas de final da Libertadores, semifinal da Copa do Brasil, além de ter mantido uma regularidade durante grande parte do Campeonato Brasileiro.

O técnico começa os trabalhos no Santos nesta quarta-feira, quando o elenco se reapresenta das férias. Ele terá 14 dias de preparação antes do seu primeiro compromisso oficial. O Peixe estreia no Campeonato Paulista em 17 de janeiro, contra o Linense, em Lins.