Navegando Posts marcados como Pagão

Santos 6 x 1 Deportivo Municipal

Data: 21/02/1962
Competição: Copa Libertadores
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 11.978
Renda: Cr$ 1.731.880,00
Árbitro: Alberto Tejada (PER).
Gols: Pepe (12-1), Pagão (14-1), Dorval (24-1); Pagão (02-2), Aguillera (08-2), Coutinho (13-2) e Dorval (30-2).

SANTOS
Laércio; Lima, Olavo, Getúlio; Zito e Formiga; Dorval, Mengálvio, Pagão, Pelé (Coutinho) e Pepe.
Técnico: Lula

DEPORTIVO MUNICIPAL DE LA PAZ
Solíz (Viscarra); Zenteno, Vargas e Montez (Julio Torres); Camacho e Roberto Caínzo; Aguillera, Alcócer, Ruiz Díaz, Alberto Torres e Aguirre.



Este resultado eliminou o Municipal da Libertadores.

Deportivo Municipal 3 x 4 Santos

Data: 18/02/1962, domingo.
Competição: Copa Libertadores – 1ª fase – Grupo 1
Local: Estádio Hernando Siles, La Paz, Bolívia.
Público: 38.000
Renda: 336.680.000,00 bolivares (Cr$ 10.000.000,00 aproximadamente)
Árbitro: Ayrton Ayres Abreu (BRA)
Gols: Aguilera (16-1) e Lima (41-1); Mengálvio (11-2), Julio Torres (13-2), Ruiz Díaz (17-2), Pagão (32-2) e Tite (34-2).

DEPORTIVO MUNICIPAL DE LA PAZ (BOL)
Solís; Zenteno, Di Lorenzo e Vargas; Alberto Torres e Gainza; Luis Aguilera, Alcócer, Roberto Cainzo, Julio Torres e Antonio Aguirre (Ruiz Díaz).
Técnico:

SANTOS
Laércio; Getúlio, Olavo e Zé Carlos; Lima e Calvet; Dorval (Tite), Mengálvio, Pagão, Pelé, Osvaldo.
Técnico: Lula



Vitória dramática do Santos FC sobre o Municipal, em La Paz

Fonte: Jornal Folha da Manhã



Formiga e Calvet dirigirão o Santos no prélio de hoje (Em 18/02/1962)

Recepção apoteótica ao Santos em La Paz

Bolivianos obrigaram Pelé a fazer discurso

Fonte: Jornal Folha da Manhã

Santos 6 x 2 Ferroviária

Data: 13/12/1961
Competição: Campeonato Paulista – 29ª rodada (penúltima)
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Árbitro: Stefan Walter Glanz.
Renda: Cr$ 2.267.850,00
Gols: Pelé (11-1) e Tite (15-1); Pagão (06-2), Beni (13-2), Pelé (20-2), Pepe (22-2), Pepe (35-2) e Peixinho (44-2).

SANTOS
Laércio; Lima, Mauro e Dalmo; Zito e Calvet; Dorval, Tite, Coutinho (Pagão), Pelé e Pepe.
Técnico: Lula

FERROVIÁRIA
Toninho; Ismael, Antoninho e Jurandir; Dudu e Rodrigues; Peixinho, Laerte, Parada (Melão), Bazzani e Beni.
Técnico:



Santos conquista o Bicampeonato Paulista, seu sexto título estadual na história.

Juventus 1 x 3 Santos

Data: 01/11/1961
Competição: Campeonato Paulista – 21ª rodada
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo, SP.
Renda: Cr$ 1.204.350,00
Árbitro: Benedito Francisco.
Gols: Pelé (35-1) e Luizinho (45-1); Pagão (14-2) e Pagão (41-2).

JUVENTUS
Moraes; Diógenes, Milton e Valter; Perinho e Clóvis; Amaral, Palico (Higino), Cássio, Luizinho e Bececê.
Técnico:

SANTOS
Laércio; Getúlio, Olavo e Dalmo; Zito e Calvet; Dorval, Tite, Coutinho (Pagão), Pelé e Pepe.
Técnico: Lula


Jabaquara 2 x 1 Santos

Data: 11/10/1961
Competição: Campeonato Paulista – 16ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Renda: Cr$ 559.200,00
Árbitro: Olten Aires de Abreu.
Gols: Vicente, Jair e Pagão.

JABAQUARA
Dudisio; Sula, Chico e Esmeraldo; Miguel e Del Poso; Liminha, Sauí, Paulo, Jair e Vicente.
Técnico:

SANTOS
Laércio; Getúlio, Mauro e Dalmo; Zito e Calvet; Dorval, Mengálvio, Pagão, Coutinho e Pepe.
Técnico: Lula.