Navegando Posts marcados como Reinaldo

URT 1 x 3 Santos

Data: 22/03/2006, quarta-feira, 21h45.
Competição: Copa do Brasil – 1ª fase – Jogo de ida.
Local: Estádio Zama Maciel, em Patos de Minas, MG.
Público e renda: N/D
Árbitro: Sérgio da Silva Carvalho (DF)
Cartões amarelos: Ditinho (U); Magnum (S).
Cartão vermelho Mantena (U).
Gols: Renianldo (21-1); Ditinho (04-2), Léo Lima (30-2) e Reinaldo (31-2).

URT
Williams; Bráulio, Valdemir, Germano (Fernando) e Adriano; Rodrigo, Mantena, Ivan Carlos (Saulo) e Thiago Vieira; Ditinho e Carioca (André).
Técnico: Souza

SANTOS
Fábio Costa; Manzur, Ronaldo Guiaro (Léo Lima) e Luiz Alberto; Fabinho, Wendel (Magnum), Cléber Santana, Heleno e Kléber; Geílson (Rodrigo Tabata) e Reinaldo.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo



Com dois gols de Reinaldo, Santos vence a URT e se classifica na Copa do Brasil

O Santos venceu a URT por 3 a 1, nesta quarta-feira, em jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil. Com o resultado, o time santista eliminou o jogo de volta e garantiu vaga nas oitavas-de-final da competição nacional.

Na próxima fase da Copa do Brasil, o Santos enfrenta o Brasiliense, que passou pelo Remo.

O Santos teve dificuldade para criar oportunidades de gol no início do jogo. As grandes chances do time da Vila Belmiro aconteceram em bolas paradas: faltas e escanteios.

Em um destes lances, aos 21min, depois de um escanteio, a defesa mineira cortou mal, Luís Alberto ganhou o rebote e, de cabeça, tocou para Reinaldo dominar, bater e abrir o placar.

O Santos só atacava pela esquerda, principalmente com avanços constantes de Kléber. E foi exatamente nos buracos deixados pelo lateral que a URT passou a dominar a partida. Por duas vezes, aos 28min e aos 34min, a URT entrou na defesa santista e o empate só não aconteceu graças ao goleiro Fábio Costa.

Aos 43min, quando a URT parecia perto do empate, Mantena deu uma cotovelada em Wendel. O árbitro Sérgio Carvalho expulsou o meia da equipe mineira.

Apesar de estar com um jogador a menos, a URT voltou para a etapa final disposta a empatar o jogo. Logo aos 3min, Ditinho recebeu um lançamento, outra vez entre Ronaldo e Kléber, e tocou na saída de Fábio Costa.

O técnico Vanderlei Luxemburgo, então, utilizou atletas que estavam sendo poupados. Com Rodrigo Tabata e Léo Lima, o Santos cresceu e fez o placar que lhe interessava.

Aos 30min, Rodrigo Tabata tocou para o meio da área. Léo Lima, que acabara de entrar, empurrou para o fundo das redes.

Um minuto depois, Reinaldo driblou o goleiro e garantiu a classificação santista.

Data: 08/02/2006
Competição: Campeonato Paulista – 8ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público:
Renda:
Árbitro: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral
Auxiliares: Ednilson Gilberto Corrale e João Paulo Spim Redondo
Cartões amarelos: Carlinhos (S); Edmílson e Cláudio (N).
Gol: Reinaldo (09-2).

SANTOS
Fábio Costa; Neto, Manzur (Domingos), Luiz Alberto e Wendel; Fabinho, Maldonado, Cléber Santana (Léo Lima) e Rodrigo Tabata (Carlinhos); Reinaldo e Geílson.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

NOROESTE
Mauro; Marcelo Santos (Cacá), Bonfim, Edmílson e Cláudio; Hernani, Luciano Santos, Luciano Bebê (Luiz Carlos) e Lenílson; Rodrigo Tiuí e Leandrinho (Rafael Costa).
Técnico: Paulo Comelli



Santos bate o Noroeste e entra na briga pelo título do Paulista

O Santos venceu o então líder Noroeste por 1 a 0, nesta quarta-feira, no estádio da Vila Belmiro, pela oitava rodada do Campeonato Paulista, e voltou a entrar na briga pelo título da competição.

Os santistas alcançaram os 16 pontos, mesma pontuação do Noroeste. As duas equipes também têm o mesmo número de vitórias (cinco) e saldo de gols (cinco), mas o Santos leva vantagem nos gols marcados.

O time da Vila Belmiro chegou à vice-liderança do Estadual, já que o Corinthians perdeu do São Caetano por 2 a 1, no ABC. O Santos tem o mesmo número de pontos do líder Palmeiras.

A equipe do técnico Vanderlei Luxemburgo encontrou muita dificuldade na primeira etapa e pouco perigo levou ao gol rival. Já o Noroeste apostou no contra-ataque, mas também sem sucesso.

No retorno para o segundo tempo, Luxemburgo fez duas mudanças no time –entraram Carlinhos e Domingos nos lugares de Rodrigo Tabata e Manzur. Com a entrada do lateral Carlinhos, Wendel foi para o meio.

As alterações deram resultado, e o Santos abriu o placar aos 8min da etapa final. O atacante Reinaldo se livrou do marcador e chutou de fora da área –a bola desviou em um adversário e enganou o goleiro Mauro.

Os donos da casa tiveram a chance de ampliar o placar aos 27min, mas o atacante Geílson desperdiçou a oportunidade. Aos 34min, Geílson recebeu passe na área, mas chutou para fora.

O Santos faz no domingo o clássico contra o Corinthians, no estádio do Morumbi. O Noroeste volta a jogar pelo Estadual no próximo sábado, contra o Paulista, no estádio Jaime Cintra, em Jundiaí.

Brasília-DF 2 x 1 Santos

Data: 10/05/1978, quarta-feira, 21h00.
Competição: Campeonato Brasileiro – 1ª fase – Grupo C – 10ª rodada (penúltima)
Local: Estádio Elmo Serejo Farias, o Serejão, em Taguatinga, DF.
Público: 18.198 pagantes
Renda: Cr$ 458.000,00
Árbitro: Airton Vieira de Morais (RJ).
Cartão vermelho: Aílton Lira (S)
Gols: Reinaldo (25-1); Odair (28-2) e Lula (40-2).

BRASÍLIA FC (DF)
Paulo Vitor; Nilton, Chavala, Emerson e Odair; Well (Léo), Péricles e Raimundinho; Zé Carlos (Edmar), Ernâni Banana e Lula.
Técnico: Dicão

SANTOS
Willians; Nelsinho Baptista, Joãozinho, Fernando e Gilberto Sorriso; Carlos Roberto, Toinzinho e Aílton Lira; Juary, Reinaldo (Nélson Borges) e João Paulo (Bianchi).
Técnico: Chico Formiga


Taubaté 1 x 2 Santos

Data: 03/05/1978, quarta-feira
Competição: Amistoso
Local: Estádio Joaquim de Morais Filho, o Joaquinzão, em Taubaté, SP.
Público: 11.508
Renda: Cr$ 207.780,00
Árbitro: José Luís Guidotti.
Gols: Nélson Borges, Reinaldo e Mineiro.

TAUBATÉ
Canga; Carlos, Rogério (Toninho), Beto e Cleto; Alemão, Paulo e Frazão (Mineiro); Jovelino, Everaldo e Niltinho.
Técnico:

SANTOS
Willians; Nelsinho Baptista, Joãozinho, Biachi e Neto; Carlos Roberto, Nélson Borges e Toinzinho; Juary (Nílton Batata), Reinaldo (Célio) e João Paulo (Pita).
Técnico: Chico Formiga


Fonte: Almanaque do Santos FC – Guilherme Nascimento

Rio Branco-ES 2 x 2 Santos

Data: 23/04/1978, domingo, 16h00.
Competição: Campeonato Brasileiro – 1ª fase – Grupo C – 7ª rodada
Local: Estádio Engenheiro Araripe, em Cariacica, ES.
Público: 4.508
Renda: Cr$ 106.250,00
Árbitro: José Carlos Gonçalves de Moura (RJ).
Gols: Reinaldo (32-1, de pênalti); Juary (10-2), Rogério (35-2), Rogério (37-2).

RIO BRANCO (ES)
Jair; Osvaldir, Jouber, Adalberto Lopes (Maurício) e Marinho; Luís Carlos, Norberto (Beto Louro) e Didi; Baiano, Acelino e Rogério.
Técnico: Beto Pretti

SANTOS
Willians; Nelsinho Baptista, Gilberto Costa, Neto e Gilberto Sorriso; Clodoaldo (Bianchi), De Rosis e Toinzinho; Juary (Clayton), Reinaldo e João Paulo.
Técnico: Chico Formiga