Navegando Posts marcados como Rubens Feijão

Santos 3 x 0 Nacional-AM

Data: 14/02/1981, sábado
Competição: Campeonato Brasileiro (Taça de Ouro) – 1ª fase – 8ª rodada (penúltima) – Grupo D
Local: Estádio de Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 13.087 pagantes
Renda: Cr$ 1.393.230,00
Árbitro: Rui da Silva Cañedo (RS).
Cartões amarelos: Paulinho e Miro (S).
Gols: João Paulo (09-2, de pênalti), Rubens Feijão (17-2) e Aluísio Guerreiro (33-2).

SANTOS
Ademir Maria; Paulinho, Joãozinho, Miro (Márcio Rossini) e Washington; Mococa, Rubens Feijão e Claudinho; Gílson (Gilberto Costa), Aluísio Guerreiro e João Paulo.
Técnico: Sérgio Clerici

NACIONAL (AM)
Rafael; Gilberto, Alex, Paulo Galvão e Eli; Marinho Macapá, Alberto Leguelé (Rogério) Correia (Fernandinho); Bendelack, Careca e Reis.
Técnico: Laerte Dória



Santos vence o Nacional-AM

O Santos manteve a liderança, agora com 13 pontos ganhos, do Grupo D e a invencibilidade.

Fonte: Jornal Folha de SP

Sevilla 0 x 1 Santos

Data: 14/10/1980, terça-feira, 17h00.
Competição: Amistoso
Local: Estádio Ramón Sanchez Pizjuán, em Sevilha, Espanha.
Árbitro: Damin Rendon
Gol: Rubens Feijão (37-1).

SANTOS
Marolla; Nelsinho Baptista, Joãozinho, Neto e Washington; Toninho Vieira, Rubens Feijão e Pita; Claudinho (Carlos Silva), Campos e João Paulo.
Técnico: Pepe

SEVILLA (ESP)
Paes; Blanco, Rivas (Mimo), Álvarez e Sanjosé; Choya, Juan Carlos e Ruda; Antoñito, Joaquín e Yiyi (Daniel Murúa).
Técnico: Miguel Muñoz



Santos aplaudido na vitória em Sevilha

Amistoso em comemoração aos 75 anos de fundação do Sevilla. O Santos recebeu 17 mil dólares pela apresentação.

Espanha ficou impressionada com o Santos

Santos chega com proposta para oito jogos

A vitória praticamente garantiu a volta do Santos à Europa , em agosto de 81, para disputar 8 amistosos.

Fonte: Jornal Folha de SP – 15/10, 16/10 e 17/10

Portuguesa 0 x 3 Santos

Data: 28/09/1980, domingo, 16h00.
Competição: Campeonato Paulista – 2º turno – 12ª rodada
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo, SP.
Público: 18.552 total (18.514 pagantes e 38 menores).
Renda: Cr$ 1.606.990,00
Árbitro: Roberto Nunes Morgado.
Cartão vermelho: Daniel Gonzales (P, 42-2).
Gols: Rubens Feijão (17-2), João Paulo (34-2, de pênalti) e João Paulo (42-2, de pênalti).

PORTUGUESA
Moacir, César, Duílio, Daniel Gonzales e Toninho Braga; Wilson Carrasco, Douglas e Pita; Joãozinho, Elias e Jorge Luis (Mário Reis).
Técnico: Mário Travaglini

SANTOS
Marolla; Nelsinho Baptista, Aílton Luiz (Rubens Feijão), Neto e Washington; Miro, Toninho Vieira e Pita; Nilton Batata, Campos (Claudinho) e João Paulo.
Técnico: Pepe



Goleada do Santos recompensa João Paulo

O ponta foi sacrificado com a rígida marcação da Portuguesa, mas acabou fazendo dois de pênalti, na vitória por 3 a 0

Suplentes: Ademir Maria, Paulinho, Zé Carlos, Rubens Feijão e Cardim.

Santos mudou no 2º tempo e venceu com facilidade

Rubens Feijão, solução para a vitória

Pepe só gostou do jogo pelas pontas

Fonte: Jornal Folha de SP

Santos 5 x 1 Botafogo-SP

Data: 27/07/1980, domingo, 16h00.
Competição: Campeonato Paulista – 1º turno – Semifinal – Jogo de ida
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo, SP.
Público: 25.631 pagantes
Renda: Cr$ 2.364.060,00
Árbitro: Márcio Campos Sales.
Gols: Washington (11-2), Toninho Vieira (18-2), Claudinho (20-2), Zito (31-2), Aluísio Guerreiro (32-2) e Rubens Feijão (45-2).

SANTOS
Marolla; Paulinho (Nelsinho Baptista), Joãozinho, Márcio Rossini e Washington; Miro, Toninho Vieira e Pita; Claudinho (Rubens Feijão), Aluísio Guerreiro e João Paulo.
Técnico: Pepe

BOTAFOGO-SP
Altevir; Wilson Campos, Batista, Maxwell e Beto; Flamarion, Osmarzinho e De Rosis (Caetano); Paulo Moretti (Silvinho), Didi e Zito.
Técnico: Titi (interino)



Em 45 minutos, a goleada do Santos

Após 1º tempo ruim, Santos é arrasador na segunda etapa.

Agora, o time de Pepe só precisa de um empate para ser finalista

No mesmo vestiário, a bronca e a grande festa

Washington, força no ataque

Fonte: Jornal Folha de SP

Marília 1 x 3 Santos

Data: 25/06/1980, quarta-feira, 21h00.
Competição: Campeonato Paulista – 1º turno – 11ª rodada
Local: Estádio Bento de Abreu, em Marília, SP.
Público: 6.147 pagantes
Renda: Cr$ 644.500,00
Árbitro: Márcio Campos Sales.
Cartão amarelo: Peres (M).
Gols: Pita (11-1) e Nilton Batata (21-1); Joãozinho (08-2, contra) e Rubens Feijão (35-2).

MARÍLIA
Paulo César; Valdir, Rubão, Renato e Edel; Tecão, Rui Lima e Peres; Freitas, Cacá e Ferreira.
Técnico: Roberto Belangero

SANTOS
Marolla; Paulinho, Joãozinho, Neto e Washington; Miro, Toninho Vieira e Pita; Nilton Batata, Campos (Aluísio Guerreiro) e Carlos Silva (Rubens Feijão).
Técnico: Pepe



Pita comanda a vitória

Santos passa a vice liderança, com 16 pontos.

Fonte: Jornal Folha de SP