Navegando Posts marcados como Universidad de Chile

Universidad de Chile 1 x 5 Santos

Data: 13/02/1965
Competição: Copa Libertadores – Grupo 2 – 1ª rodada
Local: Estádio Nacional, em Santiago, Chile.
Público: 49.218
Renda: Cr$ 77.888.950,00
Árbitro: Romualdo Arppi Filho (BRA).
Gols: Pelé (12-1), Mengálvio (28-1); Pepe (15-2), Pelé (19-2, de pênalti), Pelé (32-2) e Araya (39-2).

UNIVERSIDAD DE CHILE
Astorga; Donoso, Villanueva, Rodríguez, Contreras, Araya, Alvarez, Clivares (Oleniak), Marcos e Sanchez.

SANTOS
Gilmar; Lima, Joel e Geraldino; Zito e Haroldo; Dorval, Mengálvio, Toninho, Pelé e Pepe.
Técnico: Lula

Universisad de Chile 0 x 3 Santos

Data: 02/02/1965, terça-feira.
Competição: Torneio Hexagonal de Santiago (Chile)
Local: Em Santiago, Chile.
Público e renda: N/D
Árbitro: Mario Gasca
Gols: Dorval (02-1) e Pelé (32-1); Zito (29-2).

UNIVERSIDAD DE CHILE
Astorga; Eyzaguirre, Hodge, Contreras e Villanueva; Danoso e Alvarez (Campos, 30-2), Arraya (Gangas, 43-2), Olivares, Marcos e Leonel Sanchez.
Técnico:

SANTOS
Laércio; Lima, Joel, Haroldo e Geraldino; Zito e Mengálvio; Dorval (Peixinho, 37-2), Toninho, Pelé e Pepe (Ismael, 20-1).
Técnico:

Ocorrências: Lima e Leonel Sanchez foram expulsos aos 11-1. Lima praticou jogo violento no ponteiro e este revidou atirando a bola no rosto do santista. Aos 20-1, o técnico santista fez sair Pepe e entrar Ismael, que foi jogar no posto de Lima.



Santos dá olé e ganha título sobre o campeão chileno

Fonte: http://acervo.folha.com.br/fsp/1965/02/03/21//4415296

Universidad de Chile 4 x 3 Santos

Data: 06/02/1963
Competição: Amistoso
Local: Estádio Nacional de Santiago, Chile.
Público: 80.000 pessoas
Gols: Campos (27-2), Pelé (31-1, de pênalti), Sepúlveda (43-1); Coutinho (02-2), Musso (10-2), Leonel Sánchez (27-2) e Pelé (34-2).

UNIVERSIDAD DE CHILE
Manuel Astorga; Luis Eyzaguirre, Humberto Donoso e Sergio Navarro; José Moris e Alfonso Sepúlveda, Braulio Musso, Ernesto Alvarez, Carlos Campos (Carlos Verdejo, 46′), Rubén Marcos e Gomez.
Técnico: Luis Alamos

SANTOS
Gilmar; Dalmo, Mauro, Hamilton; Mengálvio e Calvet; Dorval, Tite, Coutinho (Pagão, 60′), Pelé e Pepe.
Técnico: Lula