Santos é apenas vice-campeão Brasileiro de 1995, graças a Márcio Rezende de Freitas



Em 1995 o Santos completaria 11 anos de fila, a última conquista era o Paulistão de 1984. Os recursos financeiros eram poucos, o Clube vivia a política de “pés no chão”, apostava em promessas vindas de pequenos clubes. Desta forma, podemos dizer que o Santos não tinha maiores pretensões ao início do Campeonato Brasileiro.

Em pé: Narciso, Carlinhos, Marquinhos Capixaba, Ronaldo Marconato, Marcus Adriano e Edinho. Agachados: Giovanni, Jamelli, Robert, Camanducaia e Marcelo Passos.





























Após um primeiro turno apenas regular, o Santos ficou em terceiro no Grupo B, dois pontos atrás do Fluminense que garantiu sua vaga nas semifinais. No ínicio do 2º turno, após uma vexatória derrota de 0x4 no Barradão contra o Vitória, o Peixe não tinha mais escolha, precisava vencer praticamente todos os sete jogos que restavam para tentar a vaga nas semifinais. O Atlético-MG ficou no cangote do Peixe até o final, e qualquer descuido, até mesmo um empate, e o Peixe perderia a vaga. Foram seis vitórias e um empate e asseguramos a vaga na última partida dramática no Pacaembu contra o Guarani, quando Marcelo Passos fez o golaço salvador no finalzinho e Giovanni liquidou a fatura.

São merecedoras de comentários também as contundentes vitórias contra o Flamengo no Maracanã e Corinthians na Vila (Campeão Paulista e da Copa do Brasil), ambas por 3×0, além da apertadíssima vitória de 1×0 contra o poderoso Palmeiras/Parmalat no Pacaembu que selou a eliminação deste. Neste jogo o técnico palmeirense Vanderlei Luxemburgo determinou que o volante Flávio Conceição fosse a sombra do craque Giovanni durante os 90 minutos, e em apenas um segundo ele decidiu o jogo dando um belo passe de calcanhar para que Vágner fizesse o gol da vitória, mantendo o Santos vivo na briga e praticamente eliminando o Palmeiras.

O Santos classificou-se e pegou na semifinal o campeão carioca, comandado pelo marrento atacante Renato Gaúcho, “o Rei do Rio”. Duas partidas espetaculares, 1×4 no RJ e 5×2 aqui no Pacaembu, este último confronto merece uma abordagem especial do Blog e está na galeria de jogos inesquecíveis.

Na final contra o Botafogo, perdemos o primeiro jogo no Maracanã por 2×1 e decidiríamos o título em casa, no mesmo palco do espetáculo anterior: o Pacaembu abarrotado de fanáticos e confiantes torcedores santistas. Nos bastava uma vitória simples já que tivemos melhor campanha que time carioca.

A péssima arbitragem do Sr. Marcio Rezende de Freitas, que errou para ambos os lados é verdade, prejudicou mais o Santos que teve um gol legítimo anulado já nos minutos finais. Perdemos o título que viria coroar aquele elenco de guerreiros, o jovem Camanducaia perdeu a oportunidade de entrar para a história do Clube, ficamos fora da Libertadores que não disputávamos desde 1984… mas houve sim um lado positivo em meio a toda aquela revolta pelo título arrancado de nossas mãos. Naquele ano forjou-se uma nova geração de torcedores apaixonados pelo Clube como há tempos não se via e o craque Giovanni entraria para sempre na galeria de grandes ídolos do Peixe. O torcedor santista voltava a sorrir.

Elenco:
Clique aqui e conheça o elenco que disputou o Brasileirão de 1995.

Artilheiro do Campeonato:

23 gols – Túlio (Botafogo)

Artilheiros do SFC:

17 gols – Giovanni
08 gols – Jamelli
07 gols – Camanducaia
03 gols – Marcelo Passos e Whelliton
02 gols – Macedo, Robert, Carlinhos, Gallo e Vagner
01 gol – Pintado, Jean e Marcos Adriano
01 gol contra

Regras do Campeonato:

O Campeonato Brasileiro de 1995 foi o primeiro em que todas as vitórias passaram a valer três pontos, seguindo uma determinação da Fifa. Antes, cada vitória valia dois pontos e pontos extras podiam ser acrescentados, conforme o ano, pela diferença de gols ou por disputa de pênaltis. Na primeira fase, os 24 times participantes foram divididos em dois grupos de 12. Esta primeira fase teve dois turnos distintos. Primeiro, os times enfrentaram apenas os adversários de seu grupo e o líder de cada um garantiu vaga na semifinal. Depois, cada time enfrentou apenas os 12 times do outro grupo. O primeiro colocado de cada chave passou para a semifinal. O Cruzeiro foi o primeiro colocado do Grupo A no turno, e o Botafogo foi o líder no segundo turno. Os dois se enfrentaram no mata-mata. O Fluminense e Santos ganharam o Grupo B, no primeiro e segundo turnos, respectivamente. Os dois fizeram o outro duelo eliminatório. Santos e Botafogo chegaram à decisão. Melhor para o Alvinegro carioca, campeão brasileiro pela primeira vez após vencer por 2 a 1 no Maracanã e empatar em 1 a 1 no Pacaembu. O campeão garantiu vaga na Libertadores, o vice e o terceiro colocado (Cruzeiro) disputaram a Supercopa. Os dois últimos (Paysandu e União São João) foram rebaixados.

Campanha Geral:

PG 50 – J 27 – V 15 – E 5 – D 7 – GP 52 – GC 40 – SG 12

#
Data
Ficha Técnica
Local
Vídeo
1º Turno
1 19/08/1995 Santos 1 x 1 Goiás
Vila Belmiro
2 26/08/1995 Santos 3 x 5 Vasco
Vila Belmiro
3 30/08/1995 Fluminense 1 x 0 Santos
Laranjeiras
4 03/09/1995 Santos 1 x 0 Criciúma
Vila Belmiro
5 07/09/1995 Internacional 4 x 2 Santos
Beira Rio
6 09/09/1995 Atlético-MG 1 x 2 Santos
Mineirão
7 16/09/1995 Portuguesa 0 x 2 Santos
Canindé
8 19/09/1995 Santos 0 x 1 São Paulo
Vila Belmiro
9 24/09/1995 Santos 3 x 2 União São João
Vila Belmiro
10 01/10/1995 Santos 3 x 2 Bahia
Vila Belmiro
11 08/10/1995 Sport Recife 1 x 2 Santos
Ilha do Retiro
2º Turno
12 12/10/1995 Santos 4 x 4 Bragantino
Vila Belmiro
13 15/10/1995 Juventude 1 x 1 Santos
Alfredo Jaconi
14 19/10/1995 Santos 4 x 1 Grêmio
Vila Belmiro
15 22/10/1995 Santos 2 x 1 Cruzeiro
Vila Belmiro
16 29/10/1995 Vitória 4 x 0 Santos
Barradão
17 09/11/1995 Flamengo 0 x 3 Santos
Maracanã
18 12/11/1995 Paraná 0 x 0 Santos
Vila Capanema
N/D
19 19/11/1995 Santos 3 x 0 Corinthians
Vila Belmiro
20 22/11/1995 Palmeiras 0 x 1 Santos
Pacaembu
21 25/11/1995 Santos 2 x 1 Paysandu
Vila Belmiro
22 29/11/1995 Santos 3 x 1 Botafogo
Pacaembu
23 03/12/1995 Guarani 0 x 2 Santos
Pacaembu
Semifinal
24 07/12/1995 Fluminense 4 x 1 Santos
Maracanã
25 10/12/1995 Santos 5 x 2 Fluminense
Pacaembu
Final
26 14/12/1995 Botafogo 2 x 1 Santos
Maracanã
27 17/12/1995 Santos 1 x 1 Botafogo
Pacaembu

Fase de classificação:

1º Turno
 
Grupo A
PG
J
V
E
D
GP
GC
SG
%
1 Cruzeiro
25
11
8
1
2
23
11
12
75.8
2 Palmeiras
23
11
7
2
2
19
8
11
69.7
3 Bragantino
21
11
6
3
2
15
10
5
63.7
4 Paraná
19
11
5
4
2
13
8
5
57.6
5 Botafogo
18
11
5
3
3
20
16
4
54.5
6 Guarani
12
11
3
3
5
13
18
-5
36.3
7 Grêmio
12
11
3
3
5
12
18
-6
36.3
8 Juventude
12
11
2
6
3
6
9
-3
36.3
9 Vitória
11
11
2
5
4
10
16
-6
33.3
10 Paysandu
10
11
2
4
5
14
18
-4
30.3
11 Corinthians
8
11
2
2
7
13
18
-5
24.2
12 Flamengo
8
11
2
2
7
9
17
-8
24.2

1º Turno
 
Grupo B
PG
J
V
E
D
GP
GC
SG
%
1 Fluminense
21
11
6
3
2
10
4
6
63.6
2 Internacional
21
11
6
3
2
15
10
5
63.6
3 Santos
19
11
6
1
4
19
18
1
57.6
4 São Paulo
19
11
5
4
2
9
5
4
57.6
5 Portuguesa
18
11
5
3
3
16
14
2
54.5
6 Goiás
16
11
4
4
3
15
9
6
48.5
7 Criciúma
15
11
4
3
4
10
8
2
45.5
8 Bahia
14
11
4
2
5
13
16
-3
42.4
9 Sport
12
11
3
3
5
9
11
-2
36.4
10 Vasco
11
11
3
2
6
14
20
-6
33.3
11 Atlético-MG
11
11
2
5
4
9
12
-3
33.3
12 União São João
4
11
1
1
9
7
19
-12
12.1



Obs.: Cruzeiro e Fluminense classificaram-se no 1º turno para as semifinais.


2º Turno
 
Grupo A
PG
J
V
E
D
GP
GC
SG
%
1 Botafogo
27
12
8
3
1
22
6
16
75
2 Corinthians
23
12
7
2
3
19
15
4
63.9
3 Juventude
23
12
6
5
1
19
12
7
63.9
4 Palmeiras
22
12
7
1
4
18
11
7
61.1
5 Grêmio
19
12
6
1
5
14
14
0
52.8
6 Bragantino
19
12
5
4
3
20
16
4
52.8
7 Flamengo
16
12
3
7
2
14
15
-1
44.4
8 Cruzeiro
14
12
4
2
6
17
15
2
38.9
9 Paraná
14
12
3
5
4
17
16
1
38.9
10 Guarani
13
12
4
1
7
14
19
-5
36.1
11 Vitória
11
12
3
2
7
14
18
-4
30.6
12 Paysandu
8
12
1
5
6
11
24
-13
22.2


2º Turno
 
Grupo B
PG
J
V
E
D
GP
GC
SG
%
1 Santos
27
12
8
3
1
25
13
12
75
2 Atlético-MG
26
12
8
2
2
23
15
8
72.2
3 Goiás
19
12
6
1
5
17
14
3
52.8
4 Portuguesa
17
12
4
5
3
12
14
-2
47.2
5 São Paulo
14
12
4
2
6
17
18
-1
38.9
6 Internacional
14
12
3
5
4
14
12
2
38.9
7 Vasco
13
12
4
1
7
18
19
-1
36.1
8 Sport
13
12
4
1
7
16
18
-2
36.1
9 Fluminense
13
12
2
7
3
9
12
-3
36.1
10 Bahia
12
12
3
3
6
9
24
-15
33.3
11 Criciúma
12
12
2
6
4
10
12
-2
33.3
12 União São João
5
12
1
2
9
11
28
-17
13.9



Obs.: Botafogo e Santos classificaram-se no 2º turno para as semifinais.


Classificação Geral
PG
J
V
E
D
GP
GC
SG
%
1 Botafogo
51
27
14
9
4
46
25
21
63
2 Santos
50
27
15
5
7
52
40
12
61.7
3 Cruzeiro
41
25
12
5
8
41
27
14
54.7
4 Fluminense
37
25
9
10
6
25
22
3
49.3
5 Palmeiras
45
23
14
3
6
37
19
18
65.2
6 Bragantino
40
23
11
7
5
35
26
9
58
7 Goiás
38
23
11
5
7
33
21
9
55.1
8 Atlético-MG
37
23
10
7
6
32
27
5
53.6
9 Internacional
35
23
9
8
6
29
22
7
50.7
10 Portuguesa
35
23
9
8
6
28
28
0
50.7
11 Juventude
35
23
8
11
4
25
24
4
50.7
12 São Paulo
33
23
9
6
8
26
23
3
47.8
13 Paraná
33
23
8
9
6
30
24
6
47.8
14 Corinthians
31
23
9
4
10
32
33
-1
44.9
15 Grêmio
31
23
9
4
10
26
32
-6
44.9
16 Criciúma
27
23
6
9
8
20
20
0
39.1
17 Bahia
26
23
7
5
11
22
40
-18
37.7
18 Sport
25
23
7
4
12
25
29
-4
36.2
19 Guarani
25
23
7
4
12
27
37
-10
36.2
20 Vasco
24
23
7
3
13
31
38
-7
34.8
21 Flamengo
24
23
5
9
9
23
32
-9
34.8
22 Vitória
22
23
5
7
11
24
34
-10
31.9
23 Paysandu
18
23
3
9
11
25
42
-17
26.1
24 União S. João
9
23
2
3
18
18
44
-29
13



Galeria de fotos: